Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

Pena

tags:
publicado por penedo às 10:40

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

Portas da Minha Terra (2)

 

 

in

http://rouxinoldepomares.blogs.sapo.pt/

 

publicado por penedo às 17:32

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

A Casa Goiense e o seu Desígnio


Ainda estão bem presentes os ecos efusivos da numerosa assistência que esteve presente no almoço do quinquagésimo quinto aniversário da Casa do Concelho de Góis, a qual acolheu no seu seio, para cima de cem pessoas, unidas num desejo comum de celebrar esta efeméride, carregada de simbolismo e de calor humano, que unifica o povo da Beira Serra e a todos contagiou.

Sendo assim e não obstante os sinais preocupantes de falta de rejuvenescimento dos seus dirigentes, como se pode explicar esta presença maciça de quem persiste
em reavivar a alma do povo beirão e do sentimento regionalista que não se fica nem se esgota na festinha da sua aldeia? Como explicar este reacender da chama regionalista goiense quando muitas vozes já entoaram e lhe endereçaram os pêsames e decretaram o prematuro luto? Também nós temos dúvidas, muitas dúvidas, mas caminho é persistir, persistir.

Todos seremos unânimes em reconhecer que há um grande défice de sangue novo no regionalismo, movimento que vive de entrega, empenhamento e sobretudo da paixão que à todos nos toca e nos faz mexer. Do mesmo modo, reconhecerão que, os jovens não aderindo a esta causa, o regionalismo vai definhando até que por fim morrerá em morte lenta, a curto ou médio prazo. Esta corrente de opinião é consensual e tem já umas décadas de existência, os sinais mais superficiais apontam para tal conclusão sem qualquer retrocesso. Contudo"navegar é preciso".

Importa aqui lembrar algumas causas que nos conduziram a este estado de coisas, não esquecendo a culpa que cabe a cada um dos pais e dos avós, por não se terem feito acompanhar dos seus filhos nas festas regionais, deixando que as actuais e imensas solicitações dos jovens tomassem conta das suas reais potencialidades. Para nós
é ponto assente que se trata duma batalha perdida e sem ' qualquer possibilidade de recuperação. É tempo agora de se encontrarem caminhos desta era, novas saídas do
mesmo templo.

Neste momento, os sócios têm de pensar na colaboração que podem dar aos actuais corpos gerentes que já levam muitos anos de entrega à causa e ninguém se chega à frente para ajudar à renovação de quadros com gente madura, disponível mas não gasta, criar nova atitude sem desvirtuar a identidade que unifica e' areja ideias sem
descolorir as cores vivas e o empenhamento. Em suma: começar a trilhar um novo caminho. A Casa do Concelho de Góis, para lá de congregar ideias e sentimentos,
é também a casa mãe que a todos acolhe num espaço próprio, físico e simbólico que importa preservar.

ão somos cavaleiros dos fulgentes velhos tempos, mas vivemos intensamente esta fase de sobrevivência em que todos temos de dar um pouco mais de nós próprios para que esta causa viva. A Casa não é um santuário fechado a sete chaves, nem uma masmorra, ela está aberta a todos os regionalistas, nomeadamente aos goienses. Se um almoço aniversariante foi capaz de reunir à volta de cem pessoas, acreditamos que o próximo plenário do Conselho Regional, a realizar o dia 20 de Fevereiro, seja motivo suficientemente atractivo para que os goienses se interessem mais um pouco pelos problemas da sua aldeia.
Assim o esperamos.

 

Adriano Pacheco

 

 

publicado por penedo às 19:32

link do post | comentar | favorito
|

Roda Fundeira

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 
 
"  Ao abrigo dos estatutos desta Comissão, vimos, pela presente, convocar todos os associados para uma Assembleia Geral Ordinária, a realizar no dia 26 de Fevereiro, sexta-feira, pelas 20.30H, na Casa do Concelho de Góis, com a seguinte ordem de trabalhos:
  1. Apresentação em resumo das obras realizadas por esta direcção.
  2. Apresentação e aprovação do relatório e contas de 2008, 2009.
  3. Eleição de novos Corpos Sociais
  4. Diversos
Caso à hora marcada não estejam presentes os Associados suficientes para perfazer quórum, a Assembleia iniciar-se-á meia hora mais tarde, ou seja 21.00H, com qualquer número de Associados presentes.

 
A participação dos SÓCIOS É FUNDAMENTAL

 
Com os melhores cumprimentos.

 
Fernando Saul Rodrigues Neves  "

 

 
Está transcrita acima a carta que foi enviada a todos os sócios, para os convocar para a Assembleia Geral da CMRF. O presidente da assembleia Geral da Comissão apela à participação dos sócios, essa participação é de facto fundamental, destaco o ponto 3 da ordem de trabalhos, a eleição de novos Corpos Sociais, os tempos são de mudança, aproxima-se uma nova etapa na vida da Comissão.

 
Até sexta.
 

in http://www.roda-fundeira.blogspot.com/

publicado por penedo às 19:27

link do post | comentar | favorito
|

Canoagem no Ceira

 

 
 



No último sábado a Eira tinha um movimento anormal com as dezenas de praticantes de canoagem que iam chegando dos mais variados pontos do país. A névoa matinal já se tinha dissipado e dado lugar a um Sol radioso.
Depois no rio, na placa, davam-se os últimos retoques nos preparativos e algumas instruções necessárias antes da descida.
 
 
 



Passado o primeiro obstáculo fez-se concentração junto ao velho moinho da ponte. Um belo colorido a que já nos habituámos.

 
 



Ultrapassar o salto da Cortada nem sempre é fácil mas depois rio abaixo a calma voltou ao pelotão.

 
 


A chegada à bonita aldeia da Candosa proporciona sempre fotos espectaculares em que o leito do rio parece ficar coberto de estrelas á passagem dos canoístas.
 
 
 


Mais um salto no açude junto à velha serração movida pela força das águas (em outros tempos).

 

Sem sobressaltos de maior a descida terminou na Cabreira e a boa disposição era evidente.

 

O Carlos Dias foi o cozinheiro de serviço (com muitos ajudantes) e a tachada de "rancho" levará o mesmo caminho que já levou a da sopa. A antiga Escola encheu-se de alegria e boa disposição e no ar ficou a promessa de voltarem mais vezes.

À "Kompanhia das Águas", Mário Martins, Carlos Dias, Pedro Carvalho e a todos os que participaram, o nosso muito obrigado por terem vindo. As nossas aldeias e as nossas gentes ficam mais felizes e mais alegres com a vossa presença.

UPFC
Fotos de A. Domingos Santos
.
 

http://upfc-colmeal-gois.blogspot.com/

 

publicado por penedo às 19:23

link do post | comentar | favorito
|

7.º Enduro de Góis - 26, 27, 28 Fevereiro

Cartaz_enduro

tags: ,
publicado por penedo às 18:52

link do post | comentar | favorito
|

Entrudo Tradicional nas Aldeias do Xisto

 

Em Góis, a Terça-feira de Carnaval viveu-se na Aigra Nova, uma das Aldeias de Xisto do concelho com um Entrudo Tradicional, animado com rasgadas quadras à desgarrada acompanhadas pelo Grupo de Concertinas de Góis.

TOPO.JPG

 

A Câmara Municipal de Góis, ofereceu o almoço a todos os visitantes e participantes, tendo estado representada pela Sra. Presidente, Drª Maria de Lurdes Castanheira e pelo Sr. Vice-Presidente, Dr. José Rodrigues.

No passado, vivia-se de forma simples, com roupas e objectos velhos, algo que disfarçasse o corpo e o rosto. Brincava-se… Ia-se às aldeias vizinhas e tudo era permitido: declamar quadras jocosas sobre os habitantes, atormentar as velhas e seduzir as novas, enfim, pregar partidas. Hoje pretende-se reviver esses momentos de folia, divulgando assim a riqueza do nosso património cultural, em particular das Aldeias de Góis. Para quem queira e possa participar basta mascarar-se à Entrudo, de forma simples, com roupas e objectos velhos, recriando as brincadeiras vividas em tempos pelos habitantes das aldeias de Góis.

Já no dia 12 de Fevereiro, a folia do Entrudo à Moda Antiga teve destaque na RTP 1, no programa Portugal no Coração, apresentado por Tânia Ribas de Oliveira e João Baião, com directos da Aldeia das Aigras, apresentados pela simpática Cristina Alves e onde estiveram presentes artesãos locais, o Grupo de Concertinas de Góis e o Rancho As Sachadeiras da Várzea.

Numa iniciativa da Lousitânea a organização contou com todo o apoio logístico do Município de Góis no que se refere a almoço, transportes e recursos humanos.

 

in

jornaldearganil

tags:
publicado por penedo às 18:49

link do post | comentar | favorito
|

um local a visitar...

Escrito por Susana Ramos   

Miranda do Corvo 

Três lamas a caminho do Parque Biológico

Vêm dos Andes, têm um ar caricato e são muito amistosos. São lamas e supostamente deveriam voltar ao seu local de origem, mas em vez disso, vão mudar-se definitivamente, já amanhã, para o Parque Biológico da Lousã.

Segundo Jaime Ramos, presidente da ADFP – Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional, instituição responsável pelo parque biológico, «os animais vieram para Portugal através de uma empresa de investigação científica que os usou, como cobaias, em estudos na área da biologia e farmacologia».

Terminado o processo, o destino normal dos lamas seria o regresso aos Andes, na América do Sul, mas como a empresa não cobre as despesas de viagem, os animais corriam o risco de ser “abatidos”.

«Tendo conhecimento desta realidade, o Parque Biológico de imediato decidiu acolher os lamas», referiu Jaime Ramos.

Apesar de manifestar uma preferência por animais portugueses, por se tratar de «um zoo especial onde, num ambiente natural, se podem observar os animais selvagens do país», o Parque Biológico da Serra da Lousã não ficou indiferente à situação dos lamas, que assim sendo, poderão ser apreciados, em ambiente natural, a partir de amanhã.

Estes ruminantes de pescoço comprido e pelagem fina e longa têm entre 90 cm e 1,60 cm e pesam cerca de 150 quilos.
«O Parque Biológico da Serra da Lousã, que tem como objectivo só acolher e manter animais que habitam no nosso território, sentiu, encarnando a alma portuguesa, que se pode fazer uma excepção», completou o presidente da ADFP.

Já não existem lamas a viver em estado selvagem, uma vez que estes foram domesticados há quatro mil anos atrás, como tal não existe nenhum estatuto de conservação desta espécie. Os lamas têm origem no Altiplano Andino do Chile, Bolívia, Peru e Argentina, e, hoje em dia, são usados como animal de carga pelos povos andinos, que consomem também a sua carne, bem como o leite e a pele.

   in http://www.diariocoimbra.pt/

tags:
publicado por penedo às 18:45

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

Futebol "O Góis"

Pede Ajuda

A equipa de Futebol da Associação Educativa e Recreativa de Góis está a pedir ajuda às Comissões de Melhoramentos, Casa do Concelho de Góis e a toda a população em geral. João Manuel Rosa Simões, presidente da direcção da secção de futebol explica que: esta direcção, que se encontra no activo desde 1983, está, pela primeira vez, a pedir ajuda às Comissões de Melhoramentos e à Casa do Concelho de Góis no sentido de auxiliarem na venda de rifas. João Simões disse ainda ao nosso jornal que, tiveram uma grande surpresa, quando, no jantar de final de ano, a presidente da Câmara Muni- cipal de Góis, Dr," Maria de Lurdes Castanheira anunciou finalmente a aprovação da candidatura para a requalificação do' campo de futebol, com construção de balneários, bancada e aplicação de relvado sintético. O responsável explicou: "Há muito que esperávamos por esta obra, mas para equipar as novas infra-estruturas calculamos vir a ter um gasto de cerca de 30 mil euros, pelo que, apelamos a todos para nos ajudarem".
Para além das rifas, com o aliciante prémio de uma viagem à Madeira, a secção de futebol tem ainda à venda algum material, como por exemplo: guarda chuvas e cachecóis.
Para contribuir com donativos ou adquirir material e rifas poderá dirigir-se a qualquer elemento da direcção. Vamos todos ajudar!


in O Varzeense, 15/02/2010

publicado por penedo às 16:32

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010

Centro de Saude de Gois

Autarquia de Góis - Tudo fará para manter o SAP a funcionar

Perante o manifesto de insatisfação e revolta da população goiense, face ao temor do encerramento do Serviço de Atendimento Permanente (SAP) no Centro de Saúde, em Góis

e à manifesta preocupação no que se refere também ao encerramento das extensões de saúde, nas diversas freguesias do concelho de Góis, o jornal O VARZEENSE foi falar com

a presidente da Câmara Municipal de Góis e apurou que, no que depender da autarquia goiense, esta tudo fará para manter os serviços em funcionamento e prestar um bom serviço de saúde à população.

Receosa com o encerramento do SAP, a presidente da Câmara Municipal de Góis, Dr.Maria de Lurdes Castanheira, referiu que, ainda em 2009, reuniu com as pessoas que

estão legitimadas para decidir sobre a problemática do encerramento ou não do SAP, nomeadamente: Administração Regional de Saúde do Centro, Director do Agrupamento

de Centros de Saúde Pinhal Interior Norte, Dr. António Sequeira e com o Coordenador da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Góis, Dr. Carvalheiro, tendo-lhe estes assegurado que nada seria decidido sem o município ser ouvido.

A edil mostrou-se disponível para colaborar de forma a manter o SAP em funcionamento e as extensões de Saúde existentes no concelho e realçou as dificuldades geográficas desta região, com grandes distâncias e difíceis acessibilidades, com poucos meios de transporte e uma população envelhecida.

Lurdes Castanheira admite que, numa óptica economicista, poderia ser mais rentável encerrar o SAP, todavia, na opinião da presidente de Câmara "em primeiro lugar temos

que olhar às necessidades da população, de forma a prestar um bom serviço de saúde"

e a necessidade de se deslocarem a Arganil durante o período nocturno é, na sua opinião, extremamente difícil para a população goiense.

Muito preocupada com a situação, a presidente da Câmara referiu ainda ao nosso jornal que, se o SAP encerrar obrigará consequentemente ao encerramento do Centro Municipal Rosa Maria, em Góis, o que, na sua óptica seria muito preocupante, pois colocaria em risco, para além de um serviço essencial à população alguns postos de trabalho. "A autarquia já disponibilizou um orçamento de 50 mil euros para auxiliar no funcionamento do Centro Municipal", acrescentou.

As extensões de Saúde são outra preocupação da autarca, que confessou: "a autarquia tem sido uma parceira activa que tem colmatado todas as dificuldades apresentadas" e exemplificou: "na extensão de Saúde de Vila Nova do Ceira foi resolvido o problema da acessibilidade, na de Cortes foi solicitado sistema informático com acesso à Internet, que, de imediato foi solucionado e "continuamos receptivos a ser parceiros de forma a prestar o melhor serviço às populações", assegurou.

A presidente da Câmara Municipal acrescentou ainda que, logo que tomou conhecimento da necessidade de pessoal auxiliar, para exercer funções no Centro de
Saúde, disponibilizou, de imediato, duas funcionárias que se encontram a prestar serviço na área da educação até que sejam solicitadas pelos serviços dé saúde.
Alguns presidentes de Junta também foram ou- vidos e partilham de igual opinião, afirmando estarem receptivos a serem parceiros de forma a manterem as extensões de saúde em funcionamento.

Em conversa com - o Director do Agrupaamento de Centros de Saúde Pinhal Interior Norte, Dr. António Sequeira, apurámos que, o sistema de saúde encontra-se em fase de reorganização, com vista a conseguir prestar um melhor serviço à população, pelo que, foi solicitado ao Coordenador da Unidade de Saúde de Góis, Dr. Carvalheiro, para efectuar um estudo exaustivo sobre a caracterização da população, suas patolo-gias, situação geográfica e transportes, no concelho de Góis, de forma a encontrar a melhor resposta. Todavia, o Dr. António Seque ira acrescentou que "o encerramento do SAP é uma matéria que não se encontra em cima da mesa" e que nada será decidido sem previamente haver um estudo concluído, ouvindo a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia, de forma a encontrar a resposta mais adequada aos anseios da população.

Tentámos ainda falar com o Dr. Carvalheiro, para saber em que fase se encontra o estudo, todavia, até ao fecho da edição do jornal, não foi possível conversar com o Coordenador da Unidade de Saúde de Góis
.


In O Varzeense, 15/02/2010

publicado por penedo às 23:28

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sobreviver nas Aigras - Entrudo

 

 

 Escuteiros nas nossas Aldeias e  não só.....

 Agrupamento 80

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 in

www.agr80.cne-escutismo.pt

 

 

tags:
publicado por penedo às 20:55

link do post | comentar | favorito
|

Camara Municipal de Gois .....APRECIAÇÃO PÚBLICA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROJECTO DE REGULAMENTO GERAL DE TAXAS E OUTRAS RECEITAS MUNICIPAIS: 
Encontra-se disponível para apreciação pública o Projecto de Regulamento Geral de Taxas e Outras Receitas Municipais, que inclui a Tabela de Taxas e Outras receitas Municipais e a respectiva Fundamentação Económico-Financeira.
Assim, podem os interessados dirigir, por escrito, as sugestões à Presidente da Câmara Municipal no prazo de 30 dias, contados da data da publicação no Diário da República.
O referido projecto de Regulamento poderá ser consultado na Divisão Administrativa e Financeira da Câmara Municipal, todos os dias úteis, durante as horas normais de expediente e no Portal do Município em
www.cm-gois.pt.
 
Ficheiro:

PDF_ICONProjecto de Regulamento Geral de Taxas e Outras Receitas Municipais | 428 Kbytes


 
PROJECTO DE REGULAMENTO MUNICIPAL DE URBANIZAÇÃO E EDIFICAÇÃO:
 
Encontra-se disponível para apreciação pública o Projecto de Regulamento Municipal de Urbanização e Edificação, que inclui a Tabela de Taxas de Urbanização e Edificação e a respectiva Fundamentação Económico-Financeira.
Assim, podem os interessados dirigir, por escrito, as sugestões à Presidente da Câmara Municipal no prazo de 30 dias, contados da data da publicação no Diário da República.
O referido projecto de Regulamento poderá ser consultado na Divisão de Obras, Urbanismo e Ambiente da Câmara Municipal, todos os dias úteis, durante as horas normais de expediente e no Portal do Município em
www.cm-gois.pt.
 
Ficheiro:
 

PDF_ICONProjecto de Regulamento Municipal de Urbanização e Edificação | 495 kbytes

 

 

 


 


(NOTA: O ficheiro encontra-se comprimido e em formato .pdf)

 

 

publicado por penedo às 20:51

link do post | comentar | favorito
|

RECORDANDO

 

 
III-JOGOS DE VERÃOOS MEDALHADOS
Que alegria estampada nestes rostos!..
=João,Pai Alfredo Neves,filhoAlfredo Jr,Victor Bandeira,"Ti"Manel =
A minha cara metade, com a sua alegria, erguendo o troféu de vencedores dos jogos desse ano.
Aqui a "cambada"toda ela irmanada, com espirito desportivo e de alegria a festejarem.Pois todos foram vencedores!
fotos de A.Filipe
publicado por penedo às 20:40

link do post | comentar | favorito
|

À volta dos Penedos...GOIS

Góis quer afirmar-se como concelho solidário e exemplar

"Parcerias activas" ajudam a. melhorar serviços prestados' por instituições e garantem mais qualidade de vida às populações

Imprevistos de "força maior" ditaram a ausência de Idália Moniz, secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, mas a cerimónia de entrega de equipamento não deixou de se realizar, com a presença de Edmundo Martinho, presidente do Conselho Directivo do Instituto de Segurança Social. A sessão, que assinalou o início das comemorações concelhias do Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza e a Exclusão Social, contemplou a entrega de equipamentos ao pólo da ARCIL (material informático, áudio e vídeo, didáctico e mobiliário), aos Escoteiro de Góis (material! para campismo, mobiliário e
equipamento informático) e à secção de futebol da Associação Educativa e Recreativa de Góis (fatos de treino), numa iniciativa inserida no âmbito do Projecto "Progredir em Igualdade e Cidadania".

Para José Cabeças, a entrega deste equipamento "pretende reafirmar a importância das parcerias activas na melhoria da qualidade de vida das populações", sublinhando o "contexto de partilha dos recursos disponíveis e não uma lógica de resolução de todos os problemas destas instituições". O provedor da Santa Casa da Misericórdia (entidade gestora do projecto) entende que "é nosso dever contribuir para a qualificação das acções desenvolvidas por estas entidades, que ficam mais capacitadas para responder com eficácia às solicitações, melhorando a sua intervenção junto das populações". O também presidente da ADIBER disse ainda que estes apoios "devem ser entendidos como um estimulo e incentivo ao trabalho meritório que estas instituições têm vindo a dinamizar, reforçando a parceria que já os unia"; Edmundo Martinho enalteceu o projecto Progride, considerando ser este o "caminho certo" para "encontrar recursos para superar as situações de exclusão que ainda existem". O coordenador Nacional do Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social disse ainda que o Governo "está empenhado em reforçar a protecção social e apetrechar as instituições".
Todavia, sublinhou, "combater a pobreza e a exclusão é o trabalho de cada um de nós, individualmente e enquanto membros de uma: comunidade".
Encerrou a sessão a presidente da Câmara Municipal, que fez questão de afirmar que Góis "é um concelho preocupado com as suas gentes" e que o município "estará sempre disponível para desenvolver iniciativas que conduzam à inclusão social e tudo fará para ser um concelho solidário e exemplar". Assim, esclareceu, "assumimos o compromisso de que as pessoas e os seus problemas são o centro das nossas preocupações" e "estamos empenhados na procura de novas soluções e de intervenções inovadoras que respondam com celeridade e eficácia às expectativas das populações".

Unidade de reabilitação


Lurdes Castanheira anunciou, na oportunidade, a construção de um passeio acessível na vila de Góis, aproveitando a zona ribeirinha, numa estratégia que visa dotar a sede de concelho das condições básicas para receber portadores de deficiência. Disse ainda que a Câmara Municipal "assume como prioridade a criação de uma Unidade de Reabilitação e Fisioterapia, em articulação com a Santa Casa da Misericórdia e com outras instituições, de modo a disponibilizarmos condições que possibilitem responder com maior rapidez e garantam uma melhor recuperação a todos os doentes que necessitam destes equipamentos e que habitualmente são obrigados a deslocar-se para os concelhos vizinhos de Arganil e da Lousã", Para concretizar o projecto, a autarca apelou à "solidariedade do Governo e dos organismos desconcentrados do. Estado, na disponibilização dos meios necessários".
Antes de terminar a edil agradeceu o "empenhamento de todos" na causa do desenvolvimento social e deixou "um grande bem-haja à memória de José
Girão Vitorino", cujo nome "ficará sempre associado à causa pública e à criação do CAO da ARCIL".


in Diário de Coimbra, 19/02/2010

7.º Enduro de Góis - 26, 27, 28 Fevereiro


 

 


 

O Góis Moto Clube apresenta o 7º Enduro de Góis, a primeira prova do Campeonato Nacional de Enduro, que se irá realizar na bonita Vila de Góis nos próximos dias 26, 27 e 28 de Fevereiro.


 

Enduro1


Ao pelotão do nacional junta-se o troféu Husqvarna, num percurso bonito e com muitos locais novos, desenhado pelas montanhas que rodeiam esta Vila.


O percurso terá cerca de 52 Kms englobando as 3 especiais cronometradas, 1 Cross Test, 1 Enduro Test e 1 Extreme Test e com dois Controlos Horários (CH). No primeiro dia os pilotos irão percorrer o percurso por duas vezes e no segundo dia será percorrido por 4 vezes pela Elite, 3 vezes pelo Nacional e Classes Verdes 1 e 2, duas vezes pelos Veteranos e Promoção.
 

A Extreme Test (XT), localizada na Raposeira (Vila de Góis), junto ao Restaurante Retiro dos Sabores, com mato (1 Km para Elite, 900 metros Nacional e 700 metros para Verdes), sendo metade artificial e o restante aproveitando o relevo inclinado do terreno.


Segue-se a Cross Test (CT - 4,3 Km) na Carvalhinha, um local já conhecido mas com uma especial totalmente nova, desenhada para o efeito, em terreno variado onde se pode encontrar piso duro, barro e alguma pedra, com pequenos saltos.


Por último surge a Enduro Test (ET - 4,8Km) na Quinta do Baião, em terreno de relva com pequenos relevos do próprio do terreno.


A Zona de Assistência (ZA) será, como habitualmente, na rua junto ao Rio entre a Escola Básica e o Posto da GNR, com o Parque Fechado (PF) no bonito Parque do Cerejal.


 

Enduro2


Não deixe de vir a esta prova mítica do Campeonato Nacional de Enduro, o Góis Moto Clube e o Município de Góis terão o maior prazer de Vos receber no Paraíso do Todo Terreno.
 

Mais informações:
www.goismotoclube.net
geral@goismotoclube.net
José Alvoeiro – 934 627 790

publicado por penedo às 15:43

link do post | comentar | favorito
|

Campeonato Nacional de Pesca 2010 em Gois

Campeonato Nacional de Pesca 2010

Provas de Promoção da Modalidade

 

 

 O Município de Góis, na qualidade de entidade gestora das Concessões de Pesca Desportiva da Vila de Góis, do Colmeal/Cadafaz e da Ribeira do Sinhel,

informa os Sr.s Pescadores que nas datas abaixo indicadas, devido à ocorrência dos Campeonatos Nacionais de Pesca, não vai ser possível a venda das licenças de pesca

para as referidas concessões.

CONCESSÃO MODALIDADE

DATA

Vila de Góis Isco Artificial – Prova Promoção 20 e 21 de Fevereiro

Vila de Góis Isco Artificial - Campeonato Nacional 27 e 28 de Fevereiro

Vila de Góis Isco Artificial - Campeonato Nacional 6 e 7 de Março Colmeal/

Cadafaz Pesca à Pluma – Prova Promoção 13 e 14 de Março

Gratos pela compreensão.

 

A entidade gestora Município de Góis,

19 de Fevereiro de 2010

publicado por penedo às 15:34

link do post | comentar | favorito
|

Aniversário da Comissão de Melhoramentos de Cerdeira de Góis

 

 
 
 
No âmbito da comemoração do 58º Aniversário, no dia 28 de Fevereiro próximo,
 a Comissão de Melhoramentos de Cerdeira de Góis está a organizar mais um convívio.
No Restaurante Pina Manique, pelas 13:00h, um almoço.
 e  às 11:00h, um jogo de futebol 5, no Estádio Universitário de Lisboa.

 

publicado por penedo às 10:17

link do post | comentar | favorito
|

O frio não nos impediu de sair de Lisboa

Sábado, arrancámos cedo, estava um dia frio e de sol. Chegámos à Serra e o ar estava limpo e gelado. Ui tão gelado. Abrir portadas para o Sol entrar, ir buscar lenha e acender o fogão. Com tarde bonita, demos um pulo até Góis. Vazia. Meia dúzia de pessoas pelas ruas, ninguém mascarado. Voltámos a casa.

Já perto da meia-noite, marido chamou-me. Vem cá ver.

E vimos flocos de neve a dançar. Depressa cliquei e cliquei, que estavam menos 1 grau lá fora. O carro ficou branquinho em poucos minutos. Na manhã seguinte, tal como uma criança em manhã de Natal, saltei da cama mal acordei.

O Penedo estava todo coberto de branco. Maravilhosa sensação.

Continuava muito frio. Mais para a tarde a chuvinha veio substituir os flocos.

Estava na hora de começar a arrumar as tralhas. Na manhã seguinte, 2ª feira, O Penedo mantinha o seu manto branco, mas a chuva continuava a cair. Da Estrada Nacional 2 até Alváres estava fechada pela neve e os carros parados.

A caminho de Lisboa, viemos pela Lousã até Condeixa, com o frio e a chuva a fazerem-nos companhia.

Lembrei este poema de Augusto Gil, Balada da Neve.

«...mas há pouco, há poucochinho,
nem uma agulha bulia
na quieta melancolia
dos pinheiros do caminho...

Quem bate, assim, levemente,
com tão estranha leveza,
que mal se ouve, mal se sente?
Não é chuva, nem é gente,
nem é vento com certeza.

Fui ver. A neve caía
do azul cinzento do céu,
branca e leve, branca e fria... .
Há quanto tempo a não via!
E que saudades, Deus meu!

Olho-a através da vidraça.
Pôs tudo da cor do linho. /...»

A outra parte do poema - «da pobre gente que avança, e noto, por entre os mais, os traços miniaturais duns pezitos de criança...
E descalcinhos, doridos... a neve deixa inda vê-los, primeiro, bem definidos, depois, em sulcos compridos, porque não podia erguê-los!...
Que quem já é pecador sofra tormentos, enfim! Mas as crianças, Senhor, porque lhes dais tanta dor?!... Porque padecem assim?!...
E uma infinita tristeza, uma funda turbação entra em mim, fica em mim presa. Cai neve na Natureza e cai no meu coração.» - já não fazem parte do nosso dia a dia.

Apesar dos tempos que atravessamos serem tempos difíceis, as gentes e a criança do poema são de outrora. Não existem mais por cá. Fico feliz por isso.

 

 

 

http://coisas-de-tia.blogspot.com/

publicado por penedo às 09:33

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2010

O Conselho Regional da Casa do Concelho de Góis e as suas filiadas

 
 
 
Aos presidentes de Direcção das colectividades filiadas

o Conselho Regional  imforma que irá reunir em Plenário no próximo dia
20 de Fevereiro às 15:00 na Casa do Concelho de Góis com a seguinte ordem de trabalhos:

Análise e retrospectiva do mandato agora finalizado.

Linhas orientadoras para um próximo mandato.

Outros assuntos do interesse regional do Concelho de Góis.

Convêm relembrar que o Conselho Regional é composto também por todos os presidentes de Direcção das colectividades filiadas, daí a importância da presença de todos.
Neste Plenário iremos tratar de assuntos de interesses mútuos para as agremiações e para a causa regionalista.

Também o Conselho Regional quer mudar e adaptar-se aos dias de hoje tendo já abordado assuntos bastante interessantes onde todas as faixas etárias se englobam, sendo eles de carácter regionalista, cultural e regional.

A Casa do Concelho de Góis agradece a atenção de todos.



O Secretário da Direcção da C.C.Góis
Henrique Miguel Mendes
publicado por penedo às 09:22

link do post | comentar | favorito
|

NEVE em Povorais

 

 

 

publicado por penedo às 09:21

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Á volta dos Penedos....

Neve na estrada Carvalhal-Rolão

 
 





Armadas em aventureiras, eu e a Paula, a minha irmã, resolvemos ir até ao Rolão para "in loco" contactar com esta maravilha.
 

Cila Barata
 
 

in

 http://upfc-colmeal-gois.blogspot.com/

publicado por penedo às 09:20

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação desloca-se esta tarde a Góis

 
 
A Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, Idália Moniz, desloca-se esta tarde, pelas 16 horas, a Góis, para presidir à cerimónia de entrega de equipamentos a três instituições do concelho, a ter lugar no auditório da Biblioteca António Francisco Barata. Esta iniciativa insere-se no âmbito do projecto “Progredir em Igualdade e Cidadania”, assinalando também o início das comemorações municipais do Ano Europeu de Luta contra a Pobreza e a Exclusão Social. Refira-se que vão ser atribuídos equipamentos ao Centro de Actividades Ocupacionais [Pólo da ARCIL de Góis], que vai receber equipamento informático, aúdio e vídeo, material didáctico e mobiliário; aos Escoteiros, aos quais vai ser atribuído material de campismo [tendas e fogões], mobiliário e equipamento informático; e à secção de futebol da Associação Educativa e Recreativa de Góis, que vai ser contemplada com equipamentos desportivos.

in

http://www.rcarganil.com

 

publicado por penedo às 14:53

link do post | comentar | favorito
|

À Volta dos Penedos....Neve na Serra da Mata

Como este fim-de-semana foi prolongado, aproveitamos para ir uma vez mais ao Cadafaz passar uns dias. Esteve bastante frio, Sábado e Domingo estiveram secos, enquanto que Segunda-feira e hoje foram molhados. Ontem, ao acordar verificamos que estava a nevar. A neve caiu toda a manhã, umas vezes com mais intensidade, outras vezes com menos força. Por ter chovido durante a noite a neve não chegou a fixar-se.
A Serra da Mata, essa sim, estava toda branquinha, como vão poder ver nas fotos mais abaixo, tiradas pelo meu marido.
A primeira foto, é da neve que caía no Cadafaz às 9 horas da manhã de Segunda-feira. As outras são da Serra da Mata.

 











 




 

in

http://cadafaz-gois.blogspot.com/

 

 

tags:
publicado por penedo às 14:42

link do post | comentar | favorito
|

Neve nos Penedos

Estória de 1 poste inclinado

Ir sábado de manhã e voltar 2ª feira, de manhã também. Euzinha, Marido e Bi. Mas está tanto frio!
Como é meu hábito, cliquei aqui, cliquei ali. Com o telélé ou com a EOS, o que estivesse mais à mão. Finalmente tinhamos chegado à terrinha para um fim de semana.
Uma manhã de sol radioso foi um belo presente. 2 graus Centígrados marcados no computador do carro, um friozinho de rachar e um calorzinho de Inverno entrava pela abertura da minha janela, mas o Penedo estava limpinho de núvens, à nossa espera.
Não reparei quando chegámos, mas estava lá. Há quantos dias? Desconheço. Um poste de electricidade perigosamente inclinado para avia pública, de que não demos conta porque estávamos a acabar de chegar ao nosso sítio e desejosos de entrar em casa - um frigorífico - e acender o fogão a lenha para a aquecer. Foi muito bom, o sábado gordo.
No dia seguinte, o tempo já a modos que a querer enfarruscar, fez-nos querer aproveitar e saír de casa para uma voltinha. Um salto aos primos Afonso e Palmira, depois de almoço, para a bica. Era Domingo Gordo, talvez vissemos alguns mascarados...
Metemo-nos no carro e lá fomos. Foi ao dar a curva ao pé da Capela que olhei e vi o poste inclinado. É pá! E se isto ainda cai? Vai fazer estragos.
O que impedia o poste de tombar de vez eram os cabos eléctricos e estavam tão esticados que poderiam romper-se a qualquer instante. Mas será que ainda ninguém viu isto? Será que já alguém comunicou para a EDP?
Já na Póvoa tinhamos apresentado os cumprimentos e distribuindo beijinhos quando chamei a atenção para o poste inclinado lá em baixo, na curva a seguir à Capela. «Ai está?» «Mas então ainda ninguém telefonou?» «Mas isso é um perigo.» «Eu já tinha reparado...».
Respostas que fui ouvindo. E ninguém de cá fez nada?
Olha, disse eu para a Palmira, sabes o número que eu ligo? É grátis e disse-mo. Liguei.
A senhora que me atendeu obteve de mim o que necessitou. Nesse Domingo Gordo à tarde, um pouco mais tarde do que a minha tarde, aparecerem dois senhores do piquete da EDP e arranjaram.
 

Chegada à Cerdeira, Sábado Gordo, numa manhã de sol.
 
Segunda feira gorda, Neve no Meu Penedo. Chuva e neve para a viagem.
 
Hoje de manhã, ao voltarmos a Lisboa, cliquei o poste que já estava na devida posição.
Tal como de um dia para o outro o tempo virou, na mesma tarde do mesmo dia uma empresa portuguesa fez o que devia.
É preciso dizer que eu não deixei andar, eu fiz o que devia. E a EDP também.
Nem TUDO é mau no meu País!
 
 
 
tags:
publicado por penedo às 14:16

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010

carnaval

carnaval - Recados e Imagens (1137)

 

publicado por penedo às 14:37

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010

BAILE DE CARNAVAL 2010 ....Esporão

                                                                        NÃO FALTE

in

http://terrasdoesporao.blogspot.com/

publicado por penedo às 19:25

link do post | comentar | favorito
|

Cortes....Carnaval - Tradição

Carnaval - Tradição

A Casa de Cultura e Recreio Claudino Alves de Almeida e as ruas de Cortes vão ver desfilar as máscaras de Carnaval que se pretende venham a alegrar a quadra que vamos atravessar... Pretende-se que a Alegria "saudável" desça à rua...

Para isso alguns jovens residentes em Cortes, entre os 11 e os 17 anos, já começaram a preparar a jornada do dia 13 de Fevereiro próximo.

A Comissão de Melhoramentos está a proporcionar todos os meios possiveis para que se realize uma festa popular com algum cariz tradicional. Espera-se a colaboração de todos para trazerem alegria e os seus disfarçes...

Vamos "correr" com a crise...

 

 

 

 

 

Vamos apoiar os jovens e ao mesmo tempo reviver as tradições com muito convivio e diversão à mistura.

 

                                                                              João Reis Antão

 

 

in

http://cmcortes.blogs.sapo.pt/

 

publicado por penedo às 19:21

link do post | comentar | favorito
|

Entrudo à Moda Antiga

 

Cartaz_Entrudo

 

 

 

Cartaz_Exposicao

 

in

http://www.cm-gois.pt/

 

publicado por penedo às 18:56

link do post | comentar | favorito
|

RECORDANDO

 

 
Oito dias após o desaparecimento físico de um Bom Homem !
JOSÉ GIRÃO VITORINO

Cito, o final do conto do Mês de Fevereiro,por achar adequado à memória do Homem que foi o Sr. Girão.
"A vida de uma pessoa não se reduz a um mero traço entre duas datas.
Felizmente,tudo o que fizermos de belo e de bom ao longo da vida permanecerá para sempre."

 
Deixo aqui alguns registos fotográficos,perpetuando a sua presença e memória entre nós.
 
 
 
Aniversário da C.M.E.na casa do Concelho de Góis:
Grupo dos corpos gerentes com Amigos.

Entrega de medalha comemorativa das Bodas de Ouro da Comissão em Lisboa .Presidente da Câmara M.Góis Sr.José Girão, entrega a medalha de Mérito do Concelho de Góis, ao Sr.Avelino Martins presidente da Comissão do Esporão, na Biblioteca Municipal de Góis.Inicio da visita ao Esporão; para diversas inaugurações ; Museu Casimiro Martins ,placas toponímicas,Casa de Convívio,Parque de lazer e Parque infantil.Descerrar a placa do Museu Casimiro Martins.Colocando a sua assinatura no livro de honra do Museu.Discursando no final das inaugurações e festejos,no almoço na casa de convívio.
Confraternizando com uns amigos no Esporão.fotos de A.Filipe

http://sobreirasdoesporao.blogspot.com/

 

publicado por penedo às 10:25

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 7 de Fevereiro de 2010

O CARNAVAL E AS SUAS TRADIÇÕES‏

 

 
As minhas filhas quando eram pequenas

Na minha aldeia o Entrudo ou Carnaval como hoje é chamado vivia-se de forma simples. Procurava-se roupa e objectos velhos, algo que escondesse o rosto e de seguida brincava-se…

No dia de carnaval, durante a manhã as pessoas iam trabalhar para o campo. Quando regressavam para almoço era tradição comer o pé, a orelha e o bucho do porco. A seguir ao almoço todos se juntavam e corriam o Entrudo, mascarados de várias maneiras e encarvoados com ferrugem dos fornos de coser o pão ou da lareira.
Reuníamo-nos todos uns dias antes para combinar-mos de que maneira nos íamos mascarar. Tudo nos servia para fantasiar. Então, decidida qual a fantasia de cada um, começava o "assalto" á arca da roupa dos familiares, em busca dos adereços adequados, e cada qual se revestia da personagem escolhida. Uma era a noiva, outra a velhinha, os meninos vestiam-se de pedintes, velhos, coxos, marrecos, barrigudos, enfim … cada um se fantasiava nas suas personagens favoritas e conforme a roupa e a ocasião assim o inspirassem.
Também fazíamos espantalhos em tecido e palha para colocar na porta das pessoas na noite de carnaval. De manhã ao abrir a porta, o espantalho caía e as pessoas assustavam-se e gritavam. Outra das brincadeiras era prender as portas das casas dos vizinhos umas às outras com cordas. De manhã cedo lá estávamos nós a espreitar a reacção de cada um. Gerava-se logo ali um alvoroço tremendo:

- Ó tia Maria, Ó comadre, valha-me Deus, venha-me abrir a porta, ai aqueles malandros prenderam-ma. - Não posso! A minha está presa também. E lá ia um de nós abrir a porta, sem que ninguém nos visse. Na rua mais abaixo ouvia-se o grito da comadre Aiiiiiiiiiii -Tinha sido o espantalho que caiu em cima da tia Antónia e assustou-se.

Em cortejo pelas ruas da aldeia e das aldeias próximas, lá ia-mos nós visitando casa a casa onde tudo era permitido: Cantar quadras espirituosas sobre os habitantes dessas aldeias, atormentar as velhas e seduzir as novas!

Viva o António e a Maria
Pois, a ninguém fazem mal
A bebedeira é só uma
De Carnaval a Carnaval
*******
Ó Manuel tu és jeitoso
Cortejas uma bota feia
A tua mãe é marreca
O teu pai namora toda a aldeia
*********
Ó que rapariga tão bela
Tapa o rosto com um véu,
A mãe é a maior rameira
Os chifres do pai chegam ao céu.
*********
O que cachopa tão linda
Casada com um homem tão feio
Mais vale ficar a zeros
Do que tê-lo como travesseiro
**********
A identificação de cada um, era um dos segredos mais bem guardados, e os comentários dos vizinhos provocavam as mais engraçadas gargalhadas, ao nos confundirem uns com os outros. Então, como recompensa pela diversão proporcionada, todos nos ofereciam algum presente, geralmente coisas para comer, ou dinheiro, podiam ser ovos, chouriço, frutas, ou outros.
 
E o desfile findava no largo da aldeia, onde se fazia um lanche geral, com os presentes ganhos, no qual todos ríamos e contávamos vezes sem conta, as peripécias da tarde. No largo era colocado um pau (ou pinheiro) envolvido com muita palha, na ponta tinha um boneco de uma velha. Este era incendiado há meia-noite e fazia-se o enterro da velha. E assim chegava a hora da má-língua, todos tinham a liberdade de dizer o que não diziam ao longo do ano, fosse mal do vizinho ou do governo.

Oiça lá minha senhora
Se não anda com homem casado
Porque vai fora d`horas
Para o lado do adro…
***********
Lá tiveste que casar
Levaste a tua avante
Era melhor mãe solteira
Que um filho de cada amante…
************
Os políticos de Portugal
Só sabem prometer é gritar
Assim que chegam ao poleiro
Para o povo se estão a borrifar.
************
E era assim o Entrudo (Carnaval) dos meus tempos de juventude. Hoje é vivido de maneira bem diferente mas alegre também
..
 
 
publicado por penedo às 19:29

link do post | comentar | favorito
|

ADIBER - Tomada de Posse dos Novos Corpos Sociais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tomada de Posse dos Novos Corpos Sociai     


 

 

Lurdes Castanheira e José Albuquerque Homenageados Pelo Trabalho Desenpenhado

No passado dia 27 de Janeiro, no Auditório da Associação de Desenvolvimento Integrado da Beira Serra (ADIBER) teve lugar a cerimónia de tomada de posse dos novos Corpos Sociais da Associação para o biénio 2010/2011, com José Cabeças a continuar à frente dos destinos da Associação.

Esta iniciativa, seguida de um jantar convívio, teve início cerca das 19,30 horas e contou com a tomada de posse de todos os elementos dos Corpos Sociais e uma singela homenagem de reconhecimento à actual presidente da Câmara Municipal de Góis, Dr," Maria de Lurdes Castanheira e ao presidente do Agrupamento de Escolas de Góis, Prof. José Albuquerque, pelo trabalho que ambos desempenharam na direcção da ADIBER, desde a data da sua fundação.

A iniciar a sessão, o presidente da Assembleia Geral, Carlos Alberto Castanheira proferiu palavras de reconhecimento pelo empenho, entrega, disponibilidade e sacrifí- cio de todos os que têm contribuído para que a ADIBER tenha feito o que fez até à data e realçou o trabalho exemplar de Maria de Lurdes Castanheira e de José Albuquerque, que actualmente deixaram de fazer parte dos órgãos sociais desta "casa" onde estavam desde a sua criação.

Carlos Castanheira deixou ainda votos de felicidades para os novos corpos sociais e passou a palavra ao presidente da direcção cessante e actual, Dr. José Cabeças, que iniciou o seu discurso afirmando: "passaram já 15 anos sobre o momento em que vários cidadãos interessados e empenhados no engrandecimento do concelho de Góis, abraçaram o desafio de criar uma Associação de Desenvolvimento capaz de resolver um conjunto de novas necessidades que não tinham enquadramento nas respostas que eram disponibilizadas pelas Entidades e Instituições da época.

José Cabeças, relembrando um pouco da história da instituição, continuou: "três anos volvidos, em 1997, e fruto do trabalho até então desenvolvido, a acção da Associação foi alargada a toda a região da Beira Serra, conferindo-lhe uma responsabilidade acrescida - que tem sabido assumir e manter até ao presente".

Referindo-se à acção da ADIBER, o seu presidente alegou: "muito trabalho tem sido possível concretizar, muitos projectos foram apoiados, muitas pessoas e famílias beneficiaram da nossa acção, sobretudo as que se encontravam em situação mais vulnerável, tendo-lhes sido dada a oportunidade de aceder a patamares superiores de qualidade de vida".

José Cabeças reconheceu, no entanto, que "este caminho não tem sido fácil" e acrescentou: "muitos obstáculos, muitas dificuldades se têm atravessado no nosso caminho", mas, assegurou: tais constrangimentos só dão força e motivação para nos empenharmos mais e mais na prossecução dos nossos objectivos, ou seja, contribuir para uma região, economicamente mais competitiva, socialmente mais justa, ambientalmente mais sustentável e culturalmente mais dinâmica."

O edil da Associação agradeceu e reconheceu a disponibilidade dos seus dirigentes, funcionários, associados e todos os parceiros, que têm colocado as suas competências ao serviço da Associação.

A finalizar o seu discurso, José Cabeças dirigiu-se à Dr," Maria de Lurdes Castanheira e ao Prof. José Albuquerque Ângelo, elogiando o trabalho que desempenharam na ADIBER, desde a sua fundação, em 1994, "pela disponibilidade, empenho e determinação ", conferindo a estes ex-dirigentes, conforme frisou: " um exemplo que pode e deve ser seguido."

O presidente da Associação encerrou o seu discurso afirmando: "apesar das dificuldades, podem contar com o esforço e disponibilidade da direcção da ADIBER e dos restantes órgãos sociais ... "

No final da cerimónia, presidente da direcção entregou uma lembrança à Dr," Maria de Lurdes Castanheira e ao Prof. José Albuquerque Ângelo, como símbolo de reconhecimento pelo que fizeram pela ADIBER.

Confrontado pelo jornal O VARZEENSE, José Albuquerque referiu que não aceitou continuar nos órgãos sociais da Associação. porque entende estar chegado o momento de dar o lugar a outros, começando a dedicar mais tempo à sua família, por sua vez, a Dr," Maria de Lurdes Castanheira, julgando ser o melhor nesta ocasião, não descarta a possibilidade de um dia mais tarde voltar a fazer parte da direcção desta Associação, e assegurou continuar a dar o seu contributo, sempre que possível, mantendo-se atenta para que a Associação possa prosseguir da melhor forma o trabalho desenvolvido ao longo de uma década e meia de existência.

A presidente da Câmara Municipal de Góis afirmou ainda que sai de consciência tranquila e de forma voluntária, apenas por uma questão institucional, visto que, ambas as instituições (Câmara e ADIBER) agem de forma transparente e em nome da transparência e de todo o interesse público, resolveu sair, embora não havendo nenhuma Lei que a obrigasse a tomar essa decisão, conforme afirmou.

Apesar do alto preço do voluntariado, Lurdes Castanheira deixou a direcção da ADIBER fazendo um balanço positivo e referindo que foi onde mais aprendeu, assegurando que não saiu com nenhuma mágoa e deixando votos de felicidades e bom trabalho para os novos órgãos sociais.

Actuais Órgãos Sociais da ADIBER

Mesa da Assembleia Geral
Presidente ~ Carlos Alberto Carvalho Castanheira

Vice-Presidente - Erminda Maria Alves Muro
Secretário - José Augusto de Oliveira Rodrigues
Secretário (Suplente) - José Francisco Tavares Rolo

Direcção
Presidente - José Domingos de Ascensão Cabeças
Secretário - Eduardo Miguel Duarte Ventura Tesoureira - Maria Luísa Ferreira da Silva
Vogal - Valentim Antunes Rosa
Vogal - Maria de Lurdes Costa Serôdio Barata
Vogal (Suplente) - João Miguel Carvalho Mourão
Vogal (Suplente) - Maria Elvira Barata da Costa

Conselho Fiscal
Presidente - Hélder Jorge Pereira Antunes Barata
Vogal - Junta de Freguesia de Alvares - Victor Jesus 11arques
Vogal - Sandra Cristina Sacramento Henriques David
Vogal (Suplente) - Ana Luísa Santo Duarte Oliveira
Vogal (Suplente) - Carlos Alberto Fernandes Gomes
.

in O Varzeense,

 30/01/2010

tags:
publicado por penedo às 19:17

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

Penedos de Gois e Vale do Ceira

 

 

Gois - 7 Maravilhas de Portugal
 

in

http://www.cm-gois.pt/

publicado por penedo às 00:00

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Inauguração de exposição de artesanato no Posto de Turismo de Góis

 
 
 
 
No próximo dia 2 de Fevereiro, próxima terça-feira, vai decorrer em Góis
a inauguração de uma exposição de artesanato de Elisabete Carvalho.
oriunda da aldeia dos Povorais
Esta iniciativa está marcada para as 18h, e vai ter lugar no Posto de Turismode Góis.
 

PostodeTurismodeGóis

 

 

 

 

publicado por penedo às 22:00

link do post | comentar | favorito
|

AXtrail®series 2010: A prova de Góis será nocturna!

 

AXtrail®series

NOVIDADE PARA 2010:   

 

 A prova de Góis será nocturna

AXtrail®series está de volta para mais uma edição e com algumas novidades.

Como prometido, em 2010 juntámos uma nova serie que nos vai levar até às Aldeias do Xisto de Fajão (Pampilhosa da Serra) e Benfeita (Arganil) e estamos já a prepara a ultramaratona a realizar em 2011

A noite vai também fazer parte do circuito, passando a prova de Góis a ser nocturna (Preparem os frontais!).

Também os percursos de 2009 irão sofrer algumas alterações, mais alguma distância, mais algum desnível e mais aquele trilho "acabado de descobrir". Tudo para que se tornem cada vez melhores.

Mais uma vez, realizar-se-á em em simultâneo com cada prova o Caminho do Xisto, um percurso pedestre na envolvente da respectiva Aldeia do Xisto. Os nossos guias, especialistas na interpretação da Natureza e conhecedores de cada local, tudo farão para tornar a sua caminhada mais enriquecedora.

Aproveite, traga a sua família e passe um fim-de-semana em cheio nas Aldeias do Xisto. Não faltará animação e locais fantásticos para descobrir.

Não falte!

 

NOVIDADE PARA 2010:   

 

 A prova de Góis será nocturna

 

in

 http://www.axtrail.go-outdoor.pt/

publicado por penedo às 21:32

link do post | comentar | favorito
|

A FORÇA DA SERRA

 

Tudo se desfaz no silêncio
Dum penedo jazido e frio
Enquanto o outro dormia
No monte se erguia o medo
Quem sabe se neste pavor
Se prendia o velho penedo
 
 
 
Tudo se erguia em desvelo
Quando se fazia mais forte
que o velho penedo
No olhar turvo e distante
Se colhia chuva, vento
E a fuga da nuvem errante
 
 
 
Tudo se altera num instante
Sinais de vida em mudança
Mas nas voltas da contradança
Tudo se molda e se esmera
E se aconchega à espera
Duma força que vem da serra
 
 
E nós… tão sós e inquietos
Receamos a tormenta
Enquanto Deus nos liberta
A força que nos alimenta
 
 
Paxiano
 
29.01.10
 
 
tags: ,
publicado por penedo às 21:12

link do post | comentar | favorito
|

Dia da Freguesia do Colmeal

 

 
 
Há um ano atrás as colectividades da freguesia do Colmeal, num trabalho conjunto,
levaram a efeito na Casa do Concelho de Góis e por convite do Conselho Regional,
o Dia da Freguesia do Colmeal.
Foi um dia memorável como podemos recordar pelas fotografias que se seguem.
 











.
Um ano passado após essa grande realização, as colectividades voltaram a encontrar-se para comemorar esse Dia da Freguesia, que por muitos anos ficará na nossa memória.
Todos aqueles que mais directamente estiveram envolvidos no evento assinalaram
a passagem deste "aniversário" e reuniram-se num almoço em Lisboa.
Dirigentes das oito colectividades da freguesia mostraram mais uma vez que é possível trabalhar conjuntamente e como é saudável e proveitoso estreitar os laços existentes entre si.
 
.
.
.





UPFC
 
Fotos de António D. Santos e Francisco Silva
 
 
publicado por penedo às 21:08

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Trajecto do Elèctrico  28

. Comendadores de Góis

. Comendadores de Góis em L...

. Comendadores de Góis

. GASTRONOMIA E AS GAMELINH...

. ...

. ll jantar solidário em Gó...

. CASA do CONCELHO de GÓIS ...

. Esporão

. II Noite Musical Solidár...

.links

.arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO