Quarta-feira, 27 de Abril de 2011

24 de Abril, um domingo cheio de sol

 

Almoço em Góis? Pode ser. Mas hoje deve estar tudo cheio. E estava. Fomos espreitando até que estacionámos. Meio dia e 10 e já a Dona Isabel não tinha parança. Vivam! cumprimentou, com aquele sorriso na cara bonita. Depois dos beijinhos, o apontar para uma mesa para dois, no fundo da sala, com gente dos lados. Só ali ou lá fora. Não, lá fora está muito calor. E ficámos. Para Marido tirar a barriga de miséria da dieta de carnes que nos imponho (não, não tinha nada a ver com a época festiva) pedimos uma costeleta de novilho para ele. Brrr. Nunca vi tanta carne junta, disse, roubando-lhe uma batata. Sobrou metade, que trouxemos para casa. O tempo não é de desperdícios. Eu, também quebrei o jejum, mas com o bitoque da casa, pequeno bife tenro, com ovinho de gema para molhar a broa. Delícia. Só para deixar aqui que somos fãs, há muitos anos, do Restaurante Beira Rio. Comida caseira, bem temperada, em quantidade mais que suficiente e bastante variada.
Um bem haja para esta família pela simpatia e modo carinhoso como trata os seus clientes, que tem conseguido manter um estabelecimento aberto há bastantes anos, sem no entanto subir muito os preços mantendo a qualidade na oferta.
Depois de almoço, a volta por Góis para de novo subir a serra, caminho de casa.
Góis estava vazia. O Penedo espreita e convida-nos, à esquerda da foto, com candeeiro a cortar. Lá em cima é que estamos bem.

http://coisas-de-tia.blogspot.com/

publicado por penedo às 23:51

link do post | comentar | favorito
|

uma aguarela. Um presente

Cerca das 20:27h - uma aguarela. Um presente




Voltei. Friozinho que obriga a casaco vestido. Baixou a temperatura. Não apetece ir para dentro. Que espectáculo, gratuito, a natureza nos oferece, se estivermos atentos às mudanças que cada dia nos oferece. É o Presente. Um presente.

in

http://coisas-de-tia.blogspot.com/

publicado por penedo às 23:43

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 17 de Abril de 2011

“A SERRA E A CIDADE” NA CASA DO CONCELHO DE GÓIS

 

Adriano Pacheco

 

 

 


 

A SERRA E A CIDADE -  O TRIÂNGULO DOURADO DO REGIONALISMO

 

Dentro do programa estabelecido para o corrente ano, divulgado pelo Conselho Regional na imprensa local, a Casa do Concelho de Góis levou a efeito no dia dois de Abril, a sessão de lançamento do livro “A Serra e a Cidade”, de autoria da Prof. Dr.ª Maria Beatriz Rocha-Trindade, onde o tema do regionalismo da Beira Serra é tratado e desenvolvido de forma abrangente pelas mãos de quem investigou e estudo o assunto, numa visão singular, própria de quem o distanciamento permitiu alcançar.

 

Numa tarde enevoada, algo cinzenta, pouco propícia ao veraneio, a sessão evoluiu perante boa assistência, atendo a que o livro já tinha sido apresentado noutras Casas Regionais, bem como na Vila de Góis, não sendo por isso propriamente uma novidade. Contudo, a cerimónia não deixou de ter o brilho dos momentos altos da divulgação desta causa, na presença de tão ilustre protagonista no seio dos goienses. Neste cenário tiveram lugar as palavras emocionadas do presidente José Dias Santos, as boas-vindas a todos os presentes e o profundo agradecimento à autora; palavras bem reveladoras desse estado d’alma que se sentia na Casa.

 

A apresentação da obra, já analisada e conhecida do grande público, esteve a cargo do sr. Eng.º João Nogueira Ramos, que começou por se interrogar “sobre a mais valia de mais um livro sobre este tema”; encontrando depois a resposta numa abordagem que classificou de diferente, “num olhar de fora para dentro”, beneficiada pelo distanciamento que permitiu à autora uma análise desapaixonada, “sem o paternalismo e saudosismo” próprios dos beirões ligados às suas aldeias, os quais, de forma parcial, têm vindo a tratar (?)

 

Derivou depois a sua apreciação para a problemática da Regionalização, no sentido de reorganização administrativa do território, dando relevo às consequências que daí podem advir pelo baixo índice populacional, (como um aparte um pouco fora de contexto), já que a apreciação se cingia ao regionalismo como sentimento de apego à terra natal, nas suas mais empenhadas formas de valorização da Beira Serra, com o propósito de avivar a luz dos lugares de pertença, onde gravitam as memórias mais remotas e marcantes da infância. Enfim…

 

Mais à frente, o apresentador da obra, depois de tecer alguns elogios, evocou uma frase do livro que considerou interessante: “Os regionalistas da serra construíram e deram à luz uma forma modelar de iniciativa civil,”(…) abdicando da parte final da frase que diz o seguinte: “sem por isso menosprezar o poder do Estado: não são súbditos ou servos – são parceiros de direito pleno” pag.138. Não querendo evidenciar o nosso espanto, julgamos que esta falha não terá sido por descuido, nem por dificuldades de comunicação (o que também foi patente), mas sim por maneira própria e controversa de ver as coisas. (!)

 

Seguiu-se depois a exposição da Prof. Maria Beatriz da Rocha-Trindade que agradeceu o carinho de todos e as palavras elogiosas dos oradores, enchendo de brilho a sala com a sua enorme simpatia e boa disposição, quando deu a conhecer, com eloquência, os vários recantos por onde passou, e a feliz oportunidade que teve em conhecer a nossa região.

Elucidou depois, todos os pormenores das várias fotos e o simbolismo que elas representam, razão pela qual ali foram inseridas, com a ajuda e sensibilidade de fotógrafo Jorge Barros. Mais à frente fez referência às profissões actualmente desaparecidas, que os beirões vieram a desempenhar na Capital, bem como ao processo migratório que então ocorreu.

 

Se “A Serra e a Cidade” não fosse tão tocante e tão encorajador para os beirões, bastaria a sua idiossincrasia, forma excelente de comunicar e maneira afável de se aproximar das gentes, qualidades próprias de alguém que sabe e gosta de estar entre o povo e não se limita a emitir opinião e a despejar conhecimento.

 

Para terminar falou a Dr.ª Maria de Lurdes Castanheira, digna Presidente da Câmara Municipal de Góis, que deixou palavras de agradecimento à Casa pelo convite, aos diversos representantes das colectividades e o enorme respeito e consideração pela Prof. Dr.ª Maria Beatriz Rocha-Trindade pelo seu belo trabalho de investigação que fez sobre a nossa região. Congratulou-se também por ter assistido a este belo evento cultural.

 

 

publicado por penedo às 23:01

link do post | comentar | favorito
|

tradições de xisto

Tradições do Xisto | Documentário from Malagueta Produção Audiovisual on Vimeo.

publicado por penedo às 00:15

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Abril de 2011

POVORAIS .Almoço de Confraternização

 

 

                   Penedos e Povorais

 

 

 

 

 

  Comissão de Melhoramentos de Povorais

 

 Almoço de Confraternização 

 

Dia 17 de Abril de 2011, as 13 horas.

 

Restaurante da Associação de Moradores e Proprietários do Casal do Bispo– Famões,

  Rua da Associação – Casal do Bispo (Centro de Saúde).

 

 

Para marcação contacte qualquer elemento da Direcção:


Fernando Barata: 219811941 – 918505808

Rui Alves: 916287272

Gentil Pimentel: 934412734

Lucília: 210997539

 

tags:
publicado por penedo às 12:19

link do post | comentar | favorito
|

Casa do Concelho de Góis

Assembleia Geral
Casa do Concelho de Góis prestou contas


 

A Casa do Concelho de Góis, apresentou o seu relatório e contas na sua
assembleia-geral realizada no passado sábado, dia 26.


Presidiu o dr. Carlos Poiares, secretariado por Henrique Brás Mendes e Rui Manuel Alves.

Lida e aprovada ,a acta, a direcção, presidido por,1 por José Dias apresentou o seu relatório e contas. Aludindo às festas das Comissões de Melhoramentos ali realizadas, à cultura, promovendo-se acontecimentos de carácter cultural, colectividades, casas congéneres e associados, com quem colaboraram, quotização, infra-estruturas e representações e um aspecto mais alargado, referia-se ao Conselho Regional, que teve urna intensa actividade.

Dos votos finais, além dos agradecimentos à Câmara pela presença da sua presidente nos vários actos realizados, apresentavam-se votos pelas melhoras do director António Martins Pires e pelas do sócio n.º 1 e antigo presidente, Armando Gualter de Campos Nogueira. E um voto de pesar pelos associados e amigos que faleceram e que foi guardado de pé.

O presidente do Conselho Regional, Dr. Luís Filipe Martins, deu conta do que foi a sua actividade

durante o ano, e do programa que está previsto para o próximo mês de Maio, com a participação

do

 Grupo de Cantares de Vila Nova do Ceira,

 

Grupo Coral da Associação Educativa e Recreativa de Góis e

 

 Grupo da Caixa de Seguros.

Também no próximo sábado, à tarde, será apresentado o livro "A Serra e a Cidade" - Triângulo Dourado do Regionalismo", da Prof.ª Doutora Maria Beatriz Rocha-Trindade.

Entre as diversas trocas de impressões que se seguiram, constou um voto de protesto contra o encerramento do SAP de Góis.

Sobre as contas verificou-se que apenas se tinha recebido no fim do ano as rendas do edifício do antigo colégio, dos meses de Janeiro e Fevereiro, num total de 997,60 euros.

A quotização rendeu 2.610 euros: que se gastaram em restauro e pinturas da sede 1.505,24 euros, e que em donativos e representações se despenderam 297 euros, enquanto telefones, correio, electricidade, água, importou em 1.661,31 euros. Em caixa e depositado, a
Casa dispões de 24.761,46 euros.

O Conselho Fiscal, a que preside António Lopes Machado, apresentou o seu relatório, que realçava a acção do Conselho Regional, a presença na sede em ocasiões de debates do interesse para o concelho, da presidente da Câmara, Dr.ª Maria de Lurdes Castanheira e que
as rendas da ADIBER, de Março a Dezembro, na importância de 4.988 euros, se encontravam por pagar em 31-12-2010.

Propunha-se um voto de agradecimento ao associado Manuel Barata Dinis, que continua a encarregar-se, graciosamente, dos serviços contabilísticos, voto de louvor à Direcção, de agradecimento ao Conselho Regional e de melhoras ao antigo presidente Armando Gualter de
Campos Nogueira.

Depois de aprovados todos os documentos e votos apresentados. o sr. Américo Simões apresentou um voto de regozijo pelo reaparecimento de"A Comarca de Arganil", ao que o Dr. Carlos Poiares acrescentou um voto de felicidades e bons serviços ao seu director, encerrando-se seguidamente a sessão.

ANTONIO LOPES MACHADO


in A Comarca de Arganil, 07/04/2011

publicado por penedo às 12:10

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

Ano Internacional das Florestas

S.E. o Senhor Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural

 Visita o Concelho de Góis no Âmbito das Comemorações

do Ano Internacional das Florestas

 

DMF1.

 

DMF2

 

DMF3

 

DMF4

 

DMF5

 

DMF6

 

DMF7

 

DMF8

 

 

DMF9

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 in

http://www.cm-gois.pt/

 

publicado por penedo às 15:38

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

Colóquio - Autarquias e Casas Regionais - Lisboa

 

 

A Casa da Comarca de Arganil, agora com uma direcção renovada, tem desde sempre mantido um relacionamento estreito com outras casas regionais, graças ao papel que desempenha na Associação das Casas Regionais de Lisboa (ACRL), e pela importância de Arganil no movimento regionalista sedeado na capital. Saliente-se também, que desde sempre tem mantido um relacionamento estreito com o Município de Arganil, que já deu os seus frutos com a parceria entre o Município e a Casa da Comarca de Arganil na realização da Feira das Freguesias, que se realiza em Junho, em Arganil, e que tem constituído um êxito indiscutível, facto assinalado na intervenção do Dr. António Cardoso, que representou o Município de Arganil neste Colóquio.  

A Casa da Comarca de Arganil, é uma das casas regionais associada da ACRL e uma das principais casas fundadoras desta associação que no sábado participaram no Colóquio - Autarquias Locais e Casas Regionais - Uma parceria a desenvolver.

Há mais de meia centena de casas regionais em Lisboa, embora se presuma, por falta de elementos, que só metade mantenha actividade regular. As casas regionais de Lisboa, um pouco abandonadas pelo poder político e atravessando dificuldades várias, acabaram por fundar a ACRL que culminou no sábado com o colóquio que tende a aproximar as casas regionais com o poder político.

Se há 50 anos as casas regionais foram fundadas com o objectivo social de juntar os conterrâneos, hoje entende-se que as casas regionais devem encarar o objectivo de divulgarem na capital a gastronomia, a cultura e o turismo da região de origem. Cada casa regional tem de promover juntamente com o seu município iniciativas nesse sentido e atrair investimento para as sua região de origem e ainda modernizarem-se por forma a atrair as novas gerações para o movimento regionalista. Desafios e palavras que foram deixados pelos vários intervenientes no colóquio.

Nove autarcas exposeram o trabalho que tem sido desenvolvido nos seus municipios. O objectivo de aumentar o conhecimento entre as casas regionais e os seus municipios foi amplamente conseguido. Esta forma de aproximação do movimento regionalista e do poder autarquico, foi uma boa iniciativa da ACRL, que está de parabéns pela participação e animação que o colóquio teve. O movimento regionalista ficou reforçado com esta iniciativa, que de uma forma generalizada mereceu todo o apoio das autarquias, que lhe reconhecem valor e um papel fundamental para o futuro.

 

 

Carlos Manuel, actual Presidente da Casa da Comarca de Arganil e um dos activos regionalistas e organizadores do colóquio.

 

 

Um auditório "bem composto" que não enjeitou os aplausos às várias intervenções dos oradores.

 

 

O Dr. António Cardoso, em representação do Município de Arganil, abordou a temática do papel do movimento regionalista no passado, abordou a problemática da desertificação do interior que pode vir a ser potenciada com a reforma administrativa que aí vem. Frisou que a Feira das Freguesias tem sido um êxito e que resulta de uma parceria do Município com a Casa da Comarca de Arganil.

 

 

 

Que me desculpem os outros autarcas e as outras casas regionais, de só falar em Arganil e nos concelhos mais próximos, mas este é um blog virado para a minha região, e nem eu pretendo, nem posso ter uma "abarcância" maior.

 

Na foto o Dr. Mário Almeida Loureiro, Vice-Presidente do Município de Tábua, que também referiu a importância no passado do movimento regionalista e o papel fundamental que pode ter no futuro. Salientou que em Tábua não há desemprego, referindo-se ainda às boas acessibilidades que Tábua tem, que permitem encurtar distâncias para os grandes centros e Lisboa, e a qualidade de vida que se pode ter nos concelhos do interior.

 

 

 

O Dr. Humberto Oliveira, Presidente do Município de Penacova, que referiu que Penacova é a capital da lampreia e a potencialidade da gastronomia no combate à desertificação. Apelou para as novas gerações levarem os amigos às origens dos seus familiares, ajudando a dar a conhecer as potencialidades da região.

 

 

O Sr. Joaquim de Brito, Presidente da ACRL

 

 

 

Em representação da Câmara Municipal de Lisboa, a Dra. Helena Almeida Santos.

 

 

Uma foto da "primeira fila" , onde se vê o Dr. António Cardoso, tendo ao seu lado direito o Dr. Francisco Araújo, Presidente do Município de Arcos de Valdevez e a seguir o Dr. Mário Loureiro do Município de Tábua. Do lado esquerdo, o Dr. Humberto Oliveira do Município de Penacova, seguido do Dr. José António, Vice-Presidente do Município de Tondela. Na fila de trás o staff do Município de Lisboa. 

 

 

Todos os intervenientes, bem como os representantes das casas regionais, receberam um diploma de participação. Na foto o Dr. António Cardoso a receber o seu diploma que lhe é entregue pelo Presidente da ACRL, Sr. Joaquim de Brito.

 

 

E a vez do Sr. Carlos Manuel, Presidente da Casa da Comarca de Arganil.

 

 

Pelo gesto, o Sr.Carlos Manuel, não esconde a satisfação pelo Colóquio ter corrido como o previsto. Bem! 

 

 

O Sr Presidente da Casa dos Tabuenses, recebe o seu diploma.

 

 

E o Sr. Presidente da Casa do Concelho da Pampilhosa da Serra, recebendo o seu diploma.

 

 

O Colóquio foi encerrado com um almoço convívio na Quinta de S. Vicente em Telheiras.

 

in

 

http://rouxinoldepomares.blogs.sapo.pt/

publicado por penedo às 01:04

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 3 de Abril de 2011

Colóquio Autarquias e Casas Regionais

 

 

Decorreu hoje no Anfiteatro Orlando Ribeiro, conforme foi aqui noticiado, um colóquio sob o tema Autarquias Locais e Casas Regionais

- Uma parceria a desenvolver, direccionado essencialmente aos dirigentes regionalistas sediados em Lisboa.

Imagens e desenvolvimento  no "post" seguinte (amanhã), de um Colóquio muito participado por Autarquias e Casas Regionais.

Até lá, deixo-vos com algumas imagens de Pomarenses presentes.

 

 

Vitor Manuel Andrade e Fernando Jorge Costa, da Liga dos Amigos da Barrôja, uma das mais pequenas aldeias da freguesia

de Pomares, que está presente em tudo o que diga respeito ao regionalismo. Ao lado, Fernanda Carvalho,

que me vai tirando alguns apontamentos, essenciais para construir o "post".

 

 

Belchior Madeira Antunes, outro Pomarense (Foz da Moura), um assíduo leitor d' O Rouxinol de Pomares, e um amigo

que se interessa por saber da vida das nossas aldeias e da nossa comunidade, também não deixou de estar presente.

 

 

Presente também o Sr António Francisco, outro Pomarense (Sorgaçosa), aqui fotografado no almoço, e que

até há bem pouco tempo foi o Presidente da Casa da Comarca de Arganil, cargo que desempenhou durante 12 anos.

 

 

 
publicado por

rouxinoldepomares

publicado por penedo às 00:22

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Abril de 2011

Colóquio Sobre Autarquias e Casas Regionais

 

 

 

SÁBADO 09:30 - 13:00

 

ANFITEATRO ORLANDO RIBEIRO - BIBLIOTECA DAS TELHEIRAS - LISBOA

 

AUTARQUIAS LOCAIS E CASAS REGIONAIS - UMA PARCERIA A DESENVOLVER

 

Com a colaboração da Câmara Municipal de Lisboa, que disponibilizou o Anfiteatro Orlando Ribeiro, na Biblioteca das Telheiras em Lisboa, (Antigo Solar da Nora, Estrada das Telheiras 146, 1600-772 LISBOA), a ACRL, (Associação das Casas Regionais de Lisboa), vai promover na manhã de sábado dia 2 de Abril, a partir das 09:30, um colóquio subordinado ao tema, "Autarquias Locais e Casas Regionais - uma parceria a desenvolver", convidando para o efeito os Presidentes dos Municípios representados em Lisboa por Casas Regionais.

 

O colóquio terá uma saudação de boas vindas pelo Presidente da ACRL, a abertura pelo Presidente do Município de Lisboa, António Costa e será moderado pelo jornalista Paulino Coelho da Rádio Renascença.

 

A Casa da Comarca de Arganil gostaria de ver presente na assistência um número significativo de Arganilenses, pelo que agradecem a presença. Estará presente o Presidente do Município de Arganil, Ricardo Pereira Alves.

 

 

Casa da Comarca de Arganil - Rua da Fé, 23-1º, Lisboa

 

 

in

http://rouxinoldepomares.blogs.sapo.pt/
publicado por penedo às 20:58

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. III Noite Solidária-C.C.G...

. Trajecto do Elèctrico  28

. Comendadores de Góis

. Comendadores de Góis em L...

. Comendadores de Góis

. GASTRONOMIA E AS GAMELINH...

. ...

. ll jantar solidário em Gó...

. CASA do CONCELHO de GÓIS ...

. Esporão

.links

.arquivos

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO