Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011

2012

publicado por penedo às 23:11

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Dezembro de 2011

BLC 3 produz pela primeira vez a nível mundial biocrude das giestas


BLC 3 – Plataforma para o Desenvolvimento da Região Interior Centro, com sede em Oliveira do Hospital acaba de conseguir fabricar, em laboratório, pela primeira vez a nível mundial, biocrude proveniente da giesta.
Segundo a BLC 3 o biocrude vai agora ser refinado, à escala laboratorial, para obter biocombustíveis substitutos da gasolina e do gasóleo.
“Este resultado científico, conseguido através de uma espécie autóctone bastante rica em açucares e com grande capacidade de se multiplicar sem a intervenção direta do homem, vem abrir uma excelente perspetiva para a obtenção de biocombustíveis de 2ª geração, no âmbito do projeto que a BLC 3 se encontra a desenvolver – o BioRefina-Ter – e cuja pré-candidatura aos fundos comunitários, no valor de 118 milhões de euros foi recentemente apresentada em Bruxelas”, refere João Nunes responsável da plataforma.
O BioRefina-Ter foi considerado pelo Laboratório Nacional de Energia e Geologia como “um projeto prioritário e de grande interesse nacional”, tendo conseguido “atrair uma rede de conhecimento que engloba vinte entidades de I&D de dois países europeus, facto que permite assegurar a criação de um consórcio de excelência para o desenvolvimento de uma das mais promissoras indústrias do século XXI – a bioenergia”.
Numa primeira fase, o projeto, que no ano passado foi financiado pelo Fundo Florestal Permanente em 500 mil euros, abrangerá os concelhos de Oliveira dom Hospital, Tábua, Arganil e Góis, através da construção de uma Biorrefinaria de demonstração com capacidade para produzir cerca de 25 milhões de litros de biocombustíveis de segunda geração com base em vegetação espontânea.
Quando o conceito tecnológico estiver provado e a logística operacionalizada, o BioRefina-Ter tem a pretensão de alavancar a indústria nacional de bioenergia, replicando o modelo em todo o país, por via de uma biorrefinaria que poderá gerar entre 250 a 300 milhões de litros de biocombustíveis.
De acordo com os estudos científicos que vêm sendo efetuados, o BioRefina-Ter revela-se como um “projeto altamente estratégico para reduzir a dependência dos derivados do petróleo, estimando-se que possa gerar em Portugal uma poupança anual de 1.500 milhões de euros nas importações de petróleo”, assegura João Nunes.
Uma das particularidades deste projeto, que procura valorizar no território a vegetação que hoje está destinada a ser devorada pelos incêndios florestais, “prende-se com o facto de não entrar em competição nem com as culturas alimentares nem com a floresta, uma vez que tem como principal matéria-prima os matos e incultos existentes em solos esqueléticos e sem capacidade para uso agrícola rentável”.
in Diario das Beiras 21.11.11
publicado por penedo às 23:38

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 6 de Dezembro de 2011

Gois

fn

 

 

 

 


 

 


 

 

 

 

 

http://www.cm-gois.pt/

publicado por penedo às 20:10

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Comendadores de Góis

. Comendadores de Góis em L...

. Comendadores de Góis

. GASTRONOMIA E AS GAMELINH...

. ...

. ll jantar solidário em Gó...

. CASA do CONCELHO de GÓIS ...

. Esporão

. II Noite Musical Solidár...

. II Jantar Solidário da Ca...

.links

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO