Sábado, 31 de Janeiro de 2015

XXI Enduro de Góis. Dia 8 de fevereiro

o

 

 Góis irá receber a 1ª prova do Campeonato Nacional de Enduro de 2015,

organizada pelo Góis Moto Clube.

                                        Se gostas de desporto, não faltes.

publicado por penedo às 20:55

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015

Á volta dos Penedos

Faleceu hoje uma conterrânea dos Povorais,
a Maria da Conceição Morais, mais conhecida por Mariazita,
filha do Ti Carlos Morais.
Os Pêsames à família.

Funeral realiza-se dia 27 cemitério de Camarate 15,30
Igreja da Charneca do Lumiar

neve 2010

 

publicado por penedo às 16:20

link do post | comentar | favorito
|

Papel?... Qual papel?

 

 

Papel?... qual Papel??? Ah! O Papel… Qual Papel???

 

Com o meu divórcio tive de ir ao IRN mudar a minha morada no Cartão de Cidadão, então lá fui a uma loja de cidadão, mudar a dita morada, estive uma hora a espera para ser atendido, quando chegou finalmente a minha vez, entreguei o meu cartão de cidadão, tive de meter o dedo para provar que eu era eu.

Depois dei a minha nova morada, e a Sr.ª disse-me agora tem de pagar 3 euros, paguei os 3 euros, depois a dita Sr.ª disse-me agora vai receber um papel nessa nova morada e depois volta cá para provar que mudou mesmo de morada.

Fiquei a olhar para ela, então eu vou lá para mudar a minha morada com o cartão de cidadão, mesmo assim tive de provar que eu era eu, através da minha impressão digital… Mas pelo visto isso não chega, os Sr.s do IRN tem de mandar um papel, para a nova morada, para provar que a minha morada era a minha morada, (não posso aldrabar o sistema dando a morada de alguém conhecido, ou até fazer o reenvio de morada através do CTT). É aquele Papel que vai provar que eu moro mesmo ali.

Não chegando isto, finalmente chegou o dito papel, e lá voltei novamente, mais uma hora de espera, e agora outra funcionaria do IRN diz-me: 

- Vem fazer a alteração da morada e trouxe o papel? Ah e trouxe o outro papel??

- Qual outro papel??? Digo eu.

- O papel do pagamento da alteração da morada?

- Desculpe??? Não… mas diga-me uma coisa, eu recebia em casa este papel senão o tivesse pago?

 

- Não!!! Claro que não!

- Então se eu não pagasse, não me recebia este papel, logo se o tenho, foi porque paguei! Logo, não tenho aqui o papel do pagamento, mas olhe passe-me uma 2ª via do pagamento.

Ao que me respondeu: 

- Não passamos segunda via, por isso como não tem o papel, não lhe trato disso, volte cá com o papel….

 

Viva a falta de burocracia em Portugal

Lá tenho de voltar para a loja do cidadão, pela 3ª vez para andar legal, ou seja em Portugal compensa mesmo é andar ilegal.

Publicada por Henrique Tigo à(s) 1/10/2015 02:57:00 da tarde

 

inhttp://henriquetigo.blogspot.pt/

publicado por penedo às 16:08

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Janeiro de 2015

COMPASSO DE ESPERA

 

Adriano Pacheco


A vida nas suas mais diversas contingências, dá-nos tempo e preparação (quando dá) para as eventualidades que podem surgir, mas nunca nos apetrecha com a capacidade de aceitação no dia em que temos de partir. Podemos viver intensamente até à exaustão, podemos subir aos mais altos penhascos sem vertigens, podemos ser postos à prova do maior desgaste com dor. No entanto e apesar disso, nunca estamos preparados para seguir viagem!... Somos resistentes ao frio, ao vento, à chuva e ao calor; a todas intempéries que nos são postas no caminho, mas um dia baqueamos sem o compasso de espera que desejaríamos para o encontro solene que gostaríamos de ter com a vida, ou com a morte!...
Nascemos apetrechados de potencialidades adequadas ao esforço necessário de fazermos o nosso caminho, se nada de anormal acontecer. Depois, somos postos à prova nos mais variados percalços da vida, mesmo assim, singramos com a energia que é posta ao nosso alcance, sabendo que tudo é relativo no rolar manso do tempo, mas possível de atingir pela força de vontade.
Construímos aquilo que julgamos ser o nosso espaço, o nosso reduto, em resultado da projeção da imagem que criámos, pensando ser este o nosso “império”, numa sôfrega vontade de afirmação na qualidade de habitantes da Terra. Deste modo, vamos lutando e vencendo os diversos patamares de dificuldades, na esperança de que algo valioso se vá construindo para um amanhã digno de ser vivido.
Mais tarde, debaixo dum céu cinzento, vencidos pelo cansaço e pelas desilusões, percebemos que nem tudo está ao nosso alcance, nem tudo depende apenas da nossa vontade, pela inexorável força da finitude de que somos portadores, tão frágeis e insignificantes somos perante a força da Natureza que nos rege. Atingimos assim o patamar da maturidade do conhecimento com os anos que transportamos, condicionados ou não, pela saúde que nos dá suporte à arrogância dos tempos, até que um dia desabamos e nos rendemos aos condicionalismos naturais que a vida nos impõe. Este será o trajeto natural de qualquer um de nós.
Chegados aqui e perante as dificuldades inerentes à degradação do estado físico de cada um, a ideia de que um dia temos de partir é inevitável e passa a estar sempre presente, com maior, ou menor resignação. E o mundo, a própria vida, passam a ter um outro contexto, um outro colorido, numa outra dimensão. A verdade é que não somos eternos neste planeta.
A grande dificuldade apresenta-se quando obstinadamente nos propomos a resistir ao indeclinável, forma de perpetuarmos a nossa “importante” existência, como que a retardar um passo que se apresenta desesperadamente inevitável. Daí a citação de que “nunca estamos preparados para esta viagem”, se não tivermos presente que apenas somos meros passageiros dum comboio em marcha desde todos os tempos, em busca do seu destino...

publicado por penedo às 16:49

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2015

Seminário - A IMPORTÂNCIA DO VOLUNTARIADO

UGUS - Um Gesto, Um Sorriso
Rede de Voluntariado Social no Concelho de Góis

ORADORES/ MODERADORES Confirmados

"SER VOLUNTÁRIO"
Sofia Teles, Drª. Bolsa de Voluntariado
Coordenadora Regional da Região Norte do Projecto DAR e RECEBER.PT

"ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL EM PORTUGAL E O VOLUNTARIADO"
Marcelino de Sousa Lopes
Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Professor e Investigador

"A IMPORTÂNCIA DO VOLUNTARIADO NA SOCIEDADE ATUAL"
Jorge Alves, Dr.
Vereador na Cãmara Municipal de Coimbra / Sócio Fundador e Ex. Presidente da Direção Nacional da Associação INTEGRAR

"A IMPORTÂNCIA DO VOLUNTARIADO NA TERCEIRA IDADE"
Ricardo Pocinho
Secretário da Escola Superior de Tecnologia da Saúde Coimbra, Professor e Investigador

"O VOLUNTARIADO DOS BOMBEIROS NO SISTEMA DE PROTEÇÃO CIVIL E SOCORRO"
Paulo Gil Martins
Coordenador da Licenciatura de Engenharia da Proteção Civil do Instituto Superior de Educação e Ciências em Lisboa (ISEC Lisboa), Prof. Adjunto especialista no ISEC Lisboa, em assuntos de Proteção Civil, ligado à Àrea Operacional da proteção Civil e Socorro

ANIMADOR João Morgado
Presidente da ANAS - Associação Nacional de Animadores Sociais

"JUVENTUDE EM AÇÃO"
Carlos Sousa, Dr.
FNAL - Federação Nacional das Associações Juvenis


MODERADOR
Miguel Ventura, Dr.
Presidente da ADIBER
publicado por penedo às 16:50

link do post | comentar | favorito
|

ADIBER e o Regionalismo em Lisboa

A Adiber e o Movimento Regionalista em Lisboa (1)

No dia de Reis, a Casa da Comarca de Arganil abriu as portas do belo salão para acolher a Adiber e o Movimento Regionalista, que maioritariamente está sedeado na Grande Lisboa. A Adiber veio a Lisboa dar a conhecer e explicar tecnicamente o Programa de Desenvolvimento Rural,   e a forma de candidaturas para o desenvolvimento da nossa região da Beira Serra, que reconhece no Movimento Regionalista o saber e o conhecimento da região, e a mais valia no seu envolvimento enquanto forças activas e como parceiros importantes para o desenvolvimento da nossa região.

A Adiber e o Movimento Regionalista em Lisboa (4)

Todos sabem que tenho pelo Dr. Miguel Ventura a maoir estima e consideração, mas à parte a minha estima pessoal, não posso deixar de aqui dizer que é opinião unânime que a Adiber tem vindo a ter uma acção mais proxima das populações, fruto do grande conhecimento que o Dr. Miguel Ventura tem de todo o território que hoje faz parte da região da Beira Serra, ou seja, a área geográfica dos concelhos de Arganil, Tábua, Oliveira do Hospital e Góis, onde habitam cerca de 50.000 pessoas, de acordo com os sensos de 2011 - os últimos. Pela admiração que tenho por quem é competente, e por quem não se poupa a esforços em prol do bem comum, não posso deixar de admirar o Dr. Miguel Ventura, pela sua dedicação e empenho no desenvolvimento da Beira Serra, uma pessoa que trata as pessoas pelo nome, fruto de quem conhece as pessoas cara a cara e conhece o terreno que pisa. A uma pessoa assim, um dia a história lhe dará o devido valor. Hoje só temos que aproveitar os seus conhecimentos técnicos que põe á nossa disposição.

A Adiber e o Movimento Regionalista em Lisboa (2)

Na mesa, para além do Dr. Miguel Ventura, o Sr. Presidente da Cãmara de Arganil, Engº Ricardo Pereira Alves, o Sr.Presidente da Assembleia Geral da Casa da Comarca de Arganil, o Sr. Presidente da Casa da Comarca de Arganil,e os representantes da Casa dos Tabuenses e da Casa do Concelho de Góis.   

A Adiber e o Movimento Regionalista em Lisboa (3)

Cerca de 50 pessoas, a maior parte representantes  do Movimento Regionalista, estiveram presentes.
A Freguesia de Pomares esteve bem representada em número, o que me deixa orgulhoso e esperançado no futuro.

Adiber em Lisboa na Casa da Comraca de Arganil (3)

Na assistência, para além de muitos regionalistas e da Senhora Vereadora da Câmara Municipal do Seixal, Dra. Elizabete Adrião, com origem na Fórnea, que nos trouxe algumas preocupações pertinentes, como é o caso da falta de rede de comunicações, o Dr.António (Tó) Jaime, da Comissão de Melhoramentos de Sobral Gordo, fez a sua intervenção, chamando a atenção para questões técnicas na área que lhe é familiar, economia e questões jurídicas da mesma área.

Adiber em Lisboa na Casa da Comraca de Arganil (1)

Dr. Patrick Dias da Cunha, São Martinho da Cortiça.

Adiber em Lisboa na Casa da Comraca de Arganil (4)

O Sr. Presidente da União de Freguesias de Côja e Barril de Alva, Engº Oliveira, conversando com o Sr. António Lopes Machado.

Adiber em Lisboa na Casa da Comraca de Arganil (2)

Atento e interventivo, é sempre bom ouvir uma voz que nos vê de fora para dentro, o Prof. Álvaro Costa, o criador do "site" Aldeias de Memória, um Portuense que se tornou Beirão e Serrano. Gosto de o ouvir, e bem haja pelo seu contributo inteligente com que coloca e vê as questões.

A Adiber e o Movimento Regionalista em Lisboa (5)

O Sr.Presidente da Câmara Municipal de Arganil, Engº Ricardo Pereira Alves no uso da palavra, e cuja presença demonstra a coesão de algumas iniciativas que mais não são do que o desenvolvimento da nossa região que tanto amamos. A ADIBER, a Beira Serra, o concelho de Arganil, e a Casa da Comarca de Arganil estão de parabéns.

 

publicado por rouxinoldepomares 
publicado por penedo às 00:50

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. III Noite Solidária-C.C.G...

. Trajecto do Elèctrico  28

. Comendadores de Góis

. Comendadores de Góis em L...

. Comendadores de Góis

. GASTRONOMIA E AS GAMELINH...

. ...

. ll jantar solidário em Gó...

. CASA do CONCELHO de GÓIS ...

. Esporão

.links

.arquivos

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO