Terça-feira, 17 de Maio de 2011

RECORDANDO O HOMEM

 

Que palavras escrever meu Deus?...se tanta coisa já foi dita sobre Si "Ti Casimiro"
Se poeta eu fosse, escreveria o mais lindo poema á sua memória .
Tremem-me as mãos, passa-se o pensamento do tanto que gostava de dizer,os olhos ficam turvos de água,pois não me consigo conter,perdoem-me meus amigos. Procurei ficheiros,reproduzi imagens analógicas,para apresentar esta colectânea,que aqui vos deixo,peço desculpa de alguma má qualidade das mesmas .



O Ti Casimiro estava presente em tudo que disse-se respeito ao seu Esporão.Desde o desempenho empreendedor nas suas firmas as quais levaram a sua aldeia ao conhecimento de outros lugares e Concelhos.



Nos encontros festivos , convívios, na escritura do Casal em Arganil,em Lisboa quando foi receber o emblema dos seus cinquenta anos de associado da C.M.E.,na colocação dos marcos nas extremas do Casal,aonde facultou transporte e ferramentas para a rapaziada,na palestra sobre o tema a família do Esporão.



A sua boa disposição, o seu ar afável e carinhoso,que transparecia no seu olhar.



HOMEM simples de uma aldeia simples,que nunca abandonou,pugnando sempre pelo seu desenvolvimento, sobre tudo na recuperação do lugar antigo, estimulando vontades,aonde o meu sonho se tornou realidade graças a Si Ti Casimiro.



Tantos episódios vividos e partilhados,peditórios na aldeia nas festas de S.Miguel,que companheirismo,o que eu aprendi com a sua presença nesta ocasiões.



Atrás do balcão, do bar da Casa de Convívio, em muito dava o seu contributo, casa na qual foi também obreiro , entusiasta e defensor,estando sempre entre amigos.



Era contagiante o seu amor atento às coisas do folclore regional,exemplo a sua participação no Rancho Serra do Ceira, tocando o bombo e trajando a seu jeito.



Que saudades nos deixa.



Perpetuar a sua memória,é não esquecer o seu exemplo de Homem simples,particípativo,



carinhoso e amigo disponível para o seu querido Esporão,a sua voz ficará na nossa memória, quando um amigo ou vizinho chamava,com o seu tom muito característico.



E aquele modo tão natural e real com que tratava de primas e primos as pessoas.



Quantas vezes franqueava a porta de sua casa aos amigos e com o seu jeito, chamava a minha cara metade,dizendo..."óh prima vai uma geropiga?,venha cá!



Era assim;mas quem mais conviveu com ele,mais terá para contar e recordar,estou muito feliz por ter conhecido este Homem com uma Alma tão nobre.



As imagens ilustram mais que as palavras que não consigo encontrar.



CASIMIRO ANTUNES BANDEIRA



"TÍ CASIMIRO"
Á sua memória, dedico esta coletânea,e aos seus famíliares e amigos





AQUI FOI O COMEÇO!...
"Góis, podia ser a sua cidade, mas O Esporão o seu pais!"





Quando seu irmão Cassiano, foi galardoado pela Câmara Municipal de Góis


Assinatura do Casal do Esporão em Arganil



Entrega do emblema da C.M.E.em LisboaMarcação do Casal do EsporãoEntre Amigos













A sua Capela a de S.Miguel, aonde repousou, antes da morada final em Góis

Este foi o meu sonho,a minha casa nas Sobreiras...
Ao Ti Casimiro estou reconhecido

"Uma Lágrima pela sua Morte evapora-se,uma flôr sobre a sua campa,murcha,mas uma Oração pela sua Alma,sobe a Deus."



Texto e fotos de:A.R.Filipe

in

 

http://lugarvelhosobreiras.blogspot.com/

 

tags:
publicado por penedo às 21:14

link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. IV NOITE SOLIDÁRIA DA CAS...

. O Tempo Arde

. III Noite Solidária-C.C.G...

. Trajecto do Elèctrico  28

. Comendadores de Góis

. Comendadores de Góis em L...

. Comendadores de Góis

. GASTRONOMIA E AS GAMELINH...

. ...

. ll jantar solidário em Gó...

.links

.arquivos

. Outubro 2018

. Junho 2018

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO