Domingo, 4 de Janeiro de 2009

À Volta dos Penedos-Povorais

 

 

  Ao iniciar o ano de 2009, não podia deixar passar em claro esta visita que realizei á volta dos Penedos, em particular no lugar dos Povorais.

   Terra de encanto  e acolhedora como alguns dizem, a quem já foi dedicado um livro de Adriano Pacheco  em que o titulo só por si diz tudo "Umbrais dos Penedos" e que faz alguns considerandos sobre a beleza e encanto de Povorais.

  Povorais aldeia com história, com a sua Fonte e a sua Carvalha majestosa e a sua entrada sugeneris toda a estrada coberta pelo seu arvoredo mesmo junto ao parque de lazer

Parecendo indicar a entrada noutro mundo recuando no tempo.

É uma das poucas aldeias à minha volta a que eu assisto existir uma Comissão cheia de vitalidade e dinamismo na preservação dos seus ancestrais historicos

na manutenção do seu património arquitectónico e paisagistico.

tendo como exemplo o seu belo Centro de Convivio ( antiga escola primária) com mais de 50 anos e as suas Alminhas sempre visitadas pela população e forasteiros.

 

 Mas não há  bela sem senão ,para não falar já em casas forradas por fora a azulejos,

existe agora, com pena minha uma casa deslocada do contexto de uma Aldeia tão bonita como esta.

  Uma casa logo á entrada da povoação toda ela forrada a pedra lembrando as casas antigas , mas com uma mancha de modernismo desintegrado do meio que a rodeia ,

uma varanda pintada de amarelo pós moderno e uma antena de televisão á vista de toda

a gente (fraco gosto).

   

 

 

 Lanço daqui um apelo , por favor não estraguem o tão belo que é essa terra, unam esforços 

para preservar o que têm.

 Até onde a vista alcança não existia mais nenhuma Aldeia que não tivesse antenas de televisão ,essa era a única a resistir ,por favor não esmoreçam.

tags:
publicado por penedo às 16:56

link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Anónimo a 5 de Janeiro de 2009 às 21:35
Boas Penedos,
As Aldeias deviam preservar as suas características sem esquecer os avanços e as melhores condições que agora se nos deparam, no entanto esse avanço devia ser feito com consciência e bom senso. Realmente existe outras maneiras bem mais simples para se poder ter conforto e condições sem se ter um impacto tão negativo na imagem de uma Aldeia.
Muitas pessoas não sabem encontrar a solução correcta para os seus problemas, mas para isso deve existir uma Associação ou Comissão ou a própria Câmara que devia intervir e auxiliar e quem sabe às vezes as pessoas até colaboram e acabam por mudar certos aspectos o que melhora muito as Aldeias
Quanto ao artigo publicado e a foto demonstra-o realmente é de muito mau gosto, mas gostos não se discutem a não ser que alguém de direito ilucide os seus proprietários do impacto negativo que provoca na Aldeia.
Se existe alguma Associação nessa Aldeia devia tentar reparar essa situação e estou convicto que os proprietários não devem ir contra.

PS. Vá visitando as Aldeias e dando notícias.
De anonimo a 6 de Janeiro de 2009 às 12:56
De há vários anos a esta parte temos vindo a assistir a uma série de atentados ao património que era esta aldeia.
São as casas com cores estranhas, as casas forradas de azulejo, a utilização de materias fora de contexto, e ainda para mais com cores que nada "disfarçam", como é o caso dos aluminios.
O esforço que alguns vão fazendo para recuperar alguma da antiga traça é agora traido por mais esta aberração. Esta aldeia, seria das poucas da região, para não dizer do pais, em que as antenas de TV estavam 100% invisiveis, o que constutuía um orgulho para todos os que gostam deste "pedacinho de céu" (designação retirada de um cometário do hi5, colocado por alguém que não sendo natural, nos visita com assiduidade).
Será que os proprietários se aperceberam do dano que estavam a causar, ou foi apenas um "ideia triste"?
Será que ,se lhe chamarem a atenção, não estarão dispostos a corrigir mais esta "anomalia" que estão a causar á Povoação?
Aqui deixo a minha sujestão, na esperança de que possa surtir efeitio e se possa voltar a ter uma aldeia livre de antenas visiveis e, já agora, de uma cor que..... enfim nem sei que dizer.

Saudações
De anónimo a 6 de Janeiro de 2009 às 16:13
é de facto uma aberração, e existem infelizmente muitos exemplos destes no concelho de Góis,a culpa é da Câmara Municipal de Góis que permite tais aberrações, tais como pinturas no exterior em verde, preto ou azul, telhados em chapa em vez de telha, casas rebocadas no meio de casas de xisto. É FARTAR VILANAGEM, como é que pode haver turismo de qualidade em Portugal?
Então não tem que haver um projecto? se não há projecto, os fiscais da Câmara nunca passam nesses lugares? porque é que não há um regulamento eficaz?l

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. IV NOITE SOLIDÁRIA DA CAS...

. O Tempo Arde

. III Noite Solidária-C.C.G...

. Trajecto do Elèctrico  28

. Comendadores de Góis

. Comendadores de Góis em L...

. Comendadores de Góis

. GASTRONOMIA E AS GAMELINH...

. ...

. ll jantar solidário em Gó...

.links

.arquivos

. Outubro 2018

. Junho 2018

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO