Terça-feira, 24 de Maio de 2011

Televisão Digital Terrestre no Cadafaz

Nestes dias temos ouvido falar cada vez mais da nova Televisão Digital Terrestre,  chamaram-me à atenção para o que se vai passar com o Cadafaz, como em tudo que é telecomunicações continuamos prejudicados. Não iremos ter a cobertura via terrestre, visto que estamos numa zona de reduzida probabilidade de sinal, conforme informação no site da TDT TELECOM (http://tdt.telecom.pt/), somos informados que a cobertura será feita por via satélite (Direct to Home – DTH) como por exemplo a ZON, MEO e outros operadores fazem as transmissões para os clientes que têm equipamentos satélites.
Pesquisei como é que a transmissão é feita e o que é preciso, se bastava o descodificador e os custos. O Cadafaz e alguns locais do país vão ser prejudicados por este tipo de cobertura, relativamente aos custos, encontrei no blogue TDT-Portugal a seguinte informação e que me dá a pensar que talvez algumas pessoas idosas não irão ter televisão em casa, visto que por vezes as magras reformas são para medicação e mesmo assim as vezes o dinheiro não chega.
Transcrevo o que encontrei:
Assim, esta modalidade de recepção não estará acessível a todos, mas apenas e só para quem resida numa zona considerada sem cobertura terrestre pela PTC. O serviço em forma de kit de auto-instalação (TDT Complementar), terá um custo mínimo de 55 Euros, poderá ser adquirido em lojas específicas ou enviado por via postal e só será vendido mediante comprovativo de morada.
O kit de auto-instalação TDT SAT (TDT Complementar) é composto por:
·       1 receptor TDT satélite Zapper (sem gravação) c/ comando;
·       1 Cartão com acesso aos 4 canais (RTP1, RTP2, SIC e TVI) e RTP Madeira e RTP Açores para moradores nas ilhas;
·       Cabos;
O kit terá um custo de 55 Euros após o recebimento de uma comparticipação. Mas a PTC poderá cobrar um valor mais alto e posteriormente devolver o valor em excesso.  Caso seja necessário é possível adquirir receptores adicionais que custarão 96 Euros cada.  O serviço não terá facturação mensal (€0) e nem contrato com a PT. A instalação será da responsabilidade do cliente, mas poderá também ser realizada por agentes ou parceiros da PTC que cobrarão um valor máximo de 61 € (IVA incluído). A antena deverá ser orientada ao satélite Hispasat 30º Oeste, onde é emitido o serviço DTH MEO satélite.
Mas, levantam-se já algumas questões importantes como: o preço e o acesso ao serviço.
Se está determinado no título habilitante do Mux A que o acesso à recepção da TDT via satélite não poderá ficar mais caro para o telespectador que a recepção terrestre, então como é possível agora estabelecer um preço de 96 Euros por cada receptor adicional para a modalidade satélite? A maioria das habitações dispõem de mais de um televisor.  Recordo que  a PTC está obrigada a subsidiar, incluindo a mão-de-obra, equipamentos receptores terminais, antena e cablagem, os clientes das zonas não cobertas por radiodifusão digital terrestre para que estes não tenham qualquer acréscimo de custos, face aos utilizadores daquelas. Muitos telespectadores da TDT terrestre terão que suportar custos com a troca ou re-orientação da antena, mas praticamente todos os utilizadores da TDT via satélite terão mesmo que suportar esses custos.  Isto porque a instalação de uma antena parabólica está fora do alcance da maioria dos cidadãos e será ainda necessário pagar a um técnico
Recordo que a própria Anacom veio a público falar em receptores TDT a 35 Euros. Como é possível que se vá agora cobrar 96 Euros para cada receptor adicional para a recepção satélite? Mesmo considerando o preço médio dos receptores TDT para a recepção terrestre actualmente no mercado, que a PTC diz ser 75 Euros, existe uma diferença de preço substancial em relação a um receptor para a recepção da TDT terrestre.
Recordo que será necessário um receptor por cada televisor. Na grande maioria dos casos, será ainda necessário adicionar o custo da antena parabólica, que poderá rondar 30 € e a mão-de-obra.  Caso se opte por solicitar a instalação ao agente ou colaborador da PTC, o custo mínimo para receber a TDT via satélite poderá assim facilmente ultrapassar os 116 Euros (55+61). Mas, caso necessite de dois receptores o custo poderá ultrapassar os 200 Euros.
Obter o kit satélite também poderá não ser fácil. É que aparentemente, ao contrário do que faria supor, não virá um técnico a casa comprovar o sinal da TDT. Existirão inúmeras situações em que, em locais considerados com cobertura TDT ela não existirá. Poderá bastar um prédio ou uma árvore de maior porte a obstruir o sinal e a recepção da TDT por via terrestre será impossível.
Outra questão que poderá motivar o desagrado dos telespectadores mais exigentes prende-se com a diferença de qualidade das emissões. É que a qualidade de imagem dos quatro canais nacionais na TDT terrestre é actualmente superior à qualidade de imagem desses canais emitidos pelos serviços de televisão paga via satélite. A qualidade de imagem na TDT terrestre está salvaguardada, mas não é totalmente claro se a PTC está obrigada a manter o mesmo nível de qualidade na transmissão dos canais TDT via satélite.
Os utilizadores da TDT por satélite são também elegíveis para a atribuição de um subsídio para a compra do equipamento de recepção.
Recordo que a área total de cobertura dos emissores de TDT é inferior à área de cobertura da rede de emissores de televisão analógica. Cerca de 13% da população terá que recorrer à recepção dos canais TDT via satélite. Em relação à recepção da TDT terrestre, alerto mais uma vez, para a necessidade de comprovar a recepção no local. É a única forma segura de apurar se a recepção da TDT é ou não possível. Tenho-me deparado com diversas situações em que me dizem que não há sinal e quando vou verificar até há sinal relativamente forte. Aconselho a leitura dos posts problemas de recepção e como melhorar o sinal. Em caso de dificuldades contacte um profissional experiente.
3/05/2011:
O kit TDT Complementar terá um preço de 77 Euros e haverá um reembolso posterior de 22 Euros só para quem tenha direito ao subsídio e faça o respectivo pedido. A generalidade da população terá pois que pagar 77 Euros pelo primeiro receptor. 
in http://tdt-portugal.blogspot.com/2011/04/tdt-portugal-kit-satelite-complementar.html

Publicada por Paula Santa Cruz

 

in

http://cadafaz-gois.blogspot.com/

tags:
publicado por penedo às 00:27

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Janeiro de 2011

Preparação do Bodo e castanhas

Dia 20 de Janeiro é dia do Mártir São Sebastião, dia de Bodo. Este ano o Bodo será no próximo domingo, dia 23, às 9 horas será a bênção das castanhas, a seguir será celebrada missa seguida de procissão e por fim a distribuição do Bodo às pessoas presentes nesse dia.
Se ainda não conhece esta tradição carregue no link que o vai levar ao post que fiz o ano passado sobre o Bodo:
http://cadafaz-gois.blogspot.com/2010/01/o-bodo.html

Mordomos do Cadafaz:
Américo Antunes
José António Gomes (substituto do Álvaro Martins)
Juiz do Bodo:
Mário Neves

Antes do dia 23, ainda houve algum trabalho a fazer pela parte dos mordomos do Cadafaz.

A secagem das castanhas
O Américo Antunes começou a secar as castanhas no mês de Novembro e só na última semana de Dezembro é que foram pisadas. Todos os dias fazia uma fogueira em que durante várias vezes ao dia tinha de ir colocando lenha para manter o lume acesso.

O Américo a colocar lenha

Ao cimo o caniço com as castanhas a secarem
Uma vez por dia as castanhas tinham de ser mexidas para irem bem secando.

As castanhas a secarem

O Américo a mexer as castanhas
O pisar das castanhas
Quando as castanhas já estão bem secas (piladas) podem ser pisadas.

A juntar as castanhas para serem pisadas
São colocadas num cesto e são pisadas com as botas. De vez em quando abana-se o cesto para as cascas se irem soltando, a isto chama-se esquivar as castanhas, e volta-se a pisar novamente até estarem quase todas soltas da casca.
O cesto onde se pisam as castanhas

O Zé António a pisar as castanhas
A esquivar as castanhas
Este serviço é demoroso e cansativo, porque só se trabalha com os pés e é preciso fazer força, por isso no final houve um lanche ajantarado no Café, onde todos pudemos recuperar forças.
Noutros tempos quando havia muita gente para receber o Bodo, era preciso muitas castanhas, os mordomos passavam uma tarde inteira ou mais a pisa-las.

Uma parte das castanhas pisadas
Agora só falta cozer as castanhas, que é feito no dia anterior da entrega do Bodo.
Provei as castanhas piladas e posso dizer que estavam muito boas. Se as quiser também provar, só tem de aparecer no Cadafaz dia 23 a partir das 9 horas.
Video da pisagem das castanhas:

video

http://cadafaz-gois.blogspot.com/

publicado por penedo às 23:25

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Agosto de 2010

festa do Cadafaz 2010


tags:
publicado por penedo às 23:31

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Maio de 2010

Cadafaz

APELO

Li com muita atenção o post que coloquei na 5ª feira, dia 19, sobre o Conselho Regional que se realizou no dia 24 de Abril na Casa do Concelho de Góis.
Foi com pena que verifiquei que a União Recreativa do Cadafaz, não esteve representada. Sendo, eu sócia, não tendo as quotas em dia, penso que nenhum dos sócios as tem, visto não sabermos a quem nos dirigir para pagá-las, porque há vários anos, considero, que a União está parada e não havendo reuniões, os associados não têm conhecimento do que se está a passar.
Neste momento existem algumas obras urgentes a fazer em dois locais pelo menos. Temos de preservar o que é de todos nós.
Não sei se é da competência da União Recreativa do Cadafaz ou da Junta de Freguesia, o meu apelo é para as 2 instituições e quem sabe, também para a Câmara Municipal de Góis.
Num post que coloquei no dia 11 de Maio de 2009, já os referi.
Os dois locais a que me refiro são:
A Casa de Convívio, as janelas ESTÃO UMA VERGONHA, mais abaixo poderão ver fotografias que tirei no fim-de-semana de Ramos, no seguinte decorreu o almoço da Comissão de Festa e penso que tenham sido eles que lhes deram um conserto possível, mas daqui a pouco tempo elas voltarão ao mesmo.
Já ouvi vários comentários, sobre elas, os últimos são que a Junta queria colocar umas novas em alumínio mas a Câmara Municipal ia oferece-las ao manda-las fazer na sua carpintaria, isto ainda no mandato do Sr. Girão.
Agora existe outra versão que a Casa de Convívio vai para obras e por esse motivo não reparam as janelas. As obras ao que parece só vão acontecer daqui a 3 ou 4 anos, pergunto eu, é motivo de as janelas estarem assim até lá?????

O outro local é o lavadouro, qualquer dia o telhado cai, apesar de não ser utilizado como antigamente, sei que ele continua a servir, porque quando vou ao Cadafaz vejo roupa estendida no estendal. Digo que o telhado cai porque estando lá dentro ao olharmos para o tecto vemos o céu pela uma fresta, a foto que vou colocar mais abaixo o comprova, foi tirada em Maio do ano passado, depois deste inverno muito chuvoso, faço ideia como ele deve estar!
Outro assunto que diz respeito a todos os cadafazenses e a todas as aldeias da freguesia do Cadafaz são as telecomunicações.
A única Comissão da Freguesia do Cadafaz, que esteve presente foi a Comissão de Melhoramentos da Sandinha, que foi representada muito bem pelo Sr. José Batista, em relação ao assunto das telecomunicações porque abrangeu toda a freguesia. Já referi num post do ano passado o problema dos telefones. Os fixos a maior parte das vezes não funcionam, quando funcionam é mal, os clientes pagam na mesma sem terem direito ao serviço, já reclamei para a Portugal Telecom tanto por telefone como por escrito, mas continua tudo igual e penso que o serviço tem vindo a piorar cada vez mais, pelo menos na aldeia do Cadafaz, já vamos nisto há mais de 10 anos.
Rede móvel, não existe… sendo estas aldeias da freguesia do Cadafaz, cada vez mais habitadas só por pessoas idosas como é que se consegue avisar os bombeiros ou familiares para serem socorridos? Não se consegue…
Já manifestei a minha preocupação à Junta de Freguesia, visto ser uma entidade pública, a resposta que obtive é que com as linhas fixas havia pouco a fazer, porque a Portugal Telecom não quer mudar os cabos que estão velhos e sobrecarregados. Sobre as linhas móveis já tinham enviado um pedido por escrito à TMN, indicando que disponibilizariam o terreno, mas pelo menos até à Pascoa não tinham obtido resposta. Temos várias operadoras móveis em Portugal, já que uma não deu resposta, penso que deveriam contactar as outras, não sei se o fizeram entretanto.
Estes assuntos podem ser insignificantes para algumas pessoas, mas para outras dizem alguma coisa, que é o meu caso e sei que não sou a única a pensar assim, por isso aproveito para o abordar aqui no meu blogue, pode ser que alguém de direito o leia e nos dêem uma resposta.

cadafaz-gois.blogspot.com

tags:
publicado por penedo às 23:53

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

À Volta dos Penedos....Neve na Serra da Mata

Como este fim-de-semana foi prolongado, aproveitamos para ir uma vez mais ao Cadafaz passar uns dias. Esteve bastante frio, Sábado e Domingo estiveram secos, enquanto que Segunda-feira e hoje foram molhados. Ontem, ao acordar verificamos que estava a nevar. A neve caiu toda a manhã, umas vezes com mais intensidade, outras vezes com menos força. Por ter chovido durante a noite a neve não chegou a fixar-se.
A Serra da Mata, essa sim, estava toda branquinha, como vão poder ver nas fotos mais abaixo, tiradas pelo meu marido.
A primeira foto, é da neve que caía no Cadafaz às 9 horas da manhã de Segunda-feira. As outras são da Serra da Mata.

 











 




 

in

http://cadafaz-gois.blogspot.com/

 

 

tags:
publicado por penedo às 14:42

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

À Volta dos Penedos....Entrega do Bodo

 

 
No Domingo, decorreu a entrega do Bodo da parte de tarde, por indisponibilidade do Sr. Padre Carlos, que não podia celebrar a missa da parte da manhã. O tempo ajudou, não choveu e também não estava muito frio o que fez trazer alguns visitantes.
 
Perto das 15 horas, antes da celebração da missa, foi a bênção do Bodo, no final da missa decorreu a procissão.
 

Fotos da bênção do Bodo e da procissão. Para ampliar basta carregar na foto.


 
   Os mordomos e o juiz
 


 
O juiz Armindo Neves ladeado de dois mordomos
 


 
Alguns dos mordomos na Casa do Bodo.
 

 

 
O Senhor Padre Carlos a benzer as castanhas, o pão e o vinho.
 

 

 
   A procissão à saida da igreja
 


 
O andor trazido por alguns dos mordomos
 

 

 
A procissão no Santo António
 

 
   A procissão
 

 

 
Andor da imagem do Martir São Sebastião
 

 
Fotos da entrega das castanhas:


 
As castanhas já benzidas.
 


 
Os mordomos com as cestas das castanhas, para iniciarem a distribuição
 


 
O mordomo da Candosa e do Corterredor
 


 
A entrega das castanhas
 

Fotos da entrega do vinho:


 
O mordomo e o ajudante do Corterredor
 


 
A distribuição do vinho
 


 
Todos estavam à espera ...
 


 
    Depois de comer as castanhas, sabe bem beber um copo de vinho!
 
  

 
Houve muita procura de vinho
 


 
Pai e filho, o ti Manel "De Vide" ficou muito bem na foto.
 

Fotos da entrega do pão:


 
Os mordomos da Cabreira a começarem a distribuição do pão
 


 
Os mordomos do Cadafaz e de Capelo
 


 
A distribuição do pão
 

Fotos dos mordomos, do leilão e da assistência.


 
Os mordomos e juiz de 2010
 
Da esquerda para a direita: Mordomos da Cabreira, Corterredor e Capelo, o Juiz, Mordomos da Sandinha, do Cadafaz e da Cabreira
 


 
O leilão das laranjas que estavam no andor
 


 
Vista de uma parte da assistência
 

 
Amanhã, não perca a ultima parte das fotografias, sobre o convívio a seguir da entrega

Últimos preparativos antes da entrega do Bodo

 
A partir de hoje e durante os próximos três dias, irei colocar as fotografias, referente ao Bodo de 2010.
 
No sábado à tarde, decorreram os últimos preparativos para o Bodo, os quais fui espreitar. Hoje coloco as fotos que tirei nesse dia, para ampliar basta carregar na foto:
 


 
Imagem do Mártir São Sebastião.
 


 
O caniço, visto da parte de baixo, onde são colocadas as castanhas para secarem.
 


 
O caniço, visto da parte de cima e o cesto onde as castanhas são pisadas.
 


 
O mordomo Luciano Domingos, a demonstrar como são pisadas as castanhas.
 


 
As castanhas, que foram oferecidas pelo Cadafaz e Corterredor, foram cozidas e colocadas em cestas.
 


 
É entregue uma chávena de medida a cada pessoa, que está a assistir ao Bodo.
 


 
O mordomo Luciano Domingos e o juiz Armindo Neves no fim da contagem dos pães.
 


 
Ao todo foram contados 1983 pães.
 


 
Os pães.
 


 
Depois de tudo pronto, o mordomo e o juiz estavam com a garganta seca de tanto contar, aproveitaram para “matar a sede”.
 


 
O Filipe (meu marido), eu e o Américo Antunes…
 


 
estivemos a fazer companhia aos Srs. Luciano e Armindo com “dois dedos” de conversa.
 


 

 

 

in

http://cadafaz-gois.blogspot.com/

 

 

tags: ,
publicado por penedo às 13:53

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

O Bodo

 

 
Hoje dia 20, é dia do Mártir São Sebastião e dia de Bodo. O Bodo é uma festa popular e religiosa, da qual não se sabe quando é que começou, somente que é uma cerimónia de vários séculos e que tem passado de geração em geração, até aos nossos dias. Começou a ser feito devido a uma epidemia, em que muita gente morria. Os ancestrais prometeram que se a epidemia acaba-se fariam um Bodo em honra do Mártir São Sebastião todos os anos oferecendo, castanhas, pão e vinho.
 
O Bodo, é uma festa muito importante para a freguesia, porque é feito com a ajuda de todas as povoações da freguesia. Todas as aldeias têm um mordomo, excepto no Cadafaz e Cabreira em que são dois. São nomeados no dia do Bodo para o ano seguinte, assim como o Juiz, que tem a responsabilidade de ver se tudo está a correr bem, de comprar o pão, o vinho e no dia do Bodo de orientar as coisas.
 
Os mordomos têm o dever de angariar as castanhas, o vinho ou dinheiro, antigamente era também o milho, em sua povoação. Depois são entregues aos mordomos do Cadafaz para fazerem secar as castanhas.
 
A preparação do Bodo começa com algum tempo de antecedência. Depois de recolher as castanhas, elas são colocadas num caniço com rede para secarem, por baixo é feito uma fogueira, de manhã e à noite, durante pelo menos 15 dias seguidos, de vez em quando mexe-se as castanhas para não ficarem queimadas e pretas. Quando as castanhas estão secas são colocadas num cesto e são pisadas com as botas. Depois da casca retirada são escolhidas.
 
Na véspera do dia do bodo são cozidas. Antigamente as castanhas eram cozidas em casas das pessoas que se ofereciam ou então os mordomos pediam se as podiam cozer. Eram distribuídas em quartas.
 
Na véspera, à noite, também chega o pão. Antigamente quando ele chegava atiravam foguetes.
 
O dia do Bodo era um dia de festa e de convívio para toda a freguesia, que se juntava no Cadafaz para receberem o Bodo. Juntavam-se também outras pessoas que não pertenciam á freguesia mas que vinham de outras localidades vizinhas.
 
Há mais de 50 anos atrás, as moças novas iam a pé ao Barreiro (Vila Nova do Ceira) comprar laranjas, para venderem nesse dia a 20 tostões cada, também era vendido café, em chávenas de chá a 1 escudo cada, á noite fazia-se um baile.
 
Desde 2002, o Cadafaz tem uma casa do bodo, onde é efectuado todo o ritual. Antigamente era feito em casa dos mordomos.
 
Fotos da casa:


 

 

 

 
Hoje em dia, em virtude das localidades estarem praticamente desertas durante a semana, a festa do Bodo passou a ser feita no primeiro domingo a seguir ao dia 20, o que traz mais pessoas nesse dia.
 
Antes da celebração da missa, o Sr. Padre vai benzer o pão, as castanhas e o vinho. A seguir à missa, é feita a tradicional procissão com o Santo Mártir São Sebastião. Só depois é que é feito a entrega do Bodo, começando a ser entregue uma coisa de cada vez, pelos mordomos e por ajudantes, às pessoas que estão a assistir. As que não podem assistir é lhes entregue mais tarde, em casa delas.
 
No ano em que foi inaugurado a Casa do Bodo, o Juiz desse ano, que era o Casimiro Vicente, ofereceu, febras e sardinhas às pessoas presentes. Desde essa altura tem sido habitual o Juiz também tratar da merenda, o que faz haver mais um motivo de convívio para as pessoas da freguesia e não só.
 
Para este ano de 2010, o Bodo é entregue dia 24, o Juiz é o Senhor Armindo Neves. Os Mordomos para o Cadafaz são os Senhores Albertino Vicente e Luciano Domingos.
 



 

Procissão do dia 20 de Janeiro de 1999, foto de Albertino Vicente
 
 

in

 http://cadafaz-gois.blogspot.com/

tags: ,
publicado por penedo às 17:15

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Televisão Digital Terrest...

. Preparação do Bodo e cast...

. festa do Cadafaz 2010

. Cadafaz

. À Volta dos Penedos....N...

. À Volta dos Penedos....E...

. O Bodo

.links

.arquivos

. Outubro 2018

. Junho 2018

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO