Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

Canoagem no Ceira

 

 
 



No último sábado a Eira tinha um movimento anormal com as dezenas de praticantes de canoagem que iam chegando dos mais variados pontos do país. A névoa matinal já se tinha dissipado e dado lugar a um Sol radioso.
Depois no rio, na placa, davam-se os últimos retoques nos preparativos e algumas instruções necessárias antes da descida.
 
 
 



Passado o primeiro obstáculo fez-se concentração junto ao velho moinho da ponte. Um belo colorido a que já nos habituámos.

 
 



Ultrapassar o salto da Cortada nem sempre é fácil mas depois rio abaixo a calma voltou ao pelotão.

 
 


A chegada à bonita aldeia da Candosa proporciona sempre fotos espectaculares em que o leito do rio parece ficar coberto de estrelas á passagem dos canoístas.
 
 
 


Mais um salto no açude junto à velha serração movida pela força das águas (em outros tempos).

 

Sem sobressaltos de maior a descida terminou na Cabreira e a boa disposição era evidente.

 

O Carlos Dias foi o cozinheiro de serviço (com muitos ajudantes) e a tachada de "rancho" levará o mesmo caminho que já levou a da sopa. A antiga Escola encheu-se de alegria e boa disposição e no ar ficou a promessa de voltarem mais vezes.

À "Kompanhia das Águas", Mário Martins, Carlos Dias, Pedro Carvalho e a todos os que participaram, o nosso muito obrigado por terem vindo. As nossas aldeias e as nossas gentes ficam mais felizes e mais alegres com a vossa presença.

UPFC
Fotos de A. Domingos Santos
.
 

http://upfc-colmeal-gois.blogspot.com/

 

publicado por penedo às 19:23

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

Penedos de Gois e Vale do Ceira

 

 

Gois - 7 Maravilhas de Portugal
 

in

http://www.cm-gois.pt/

publicado por penedo às 00:00

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

Góis entre os nomeados - 7 Maravilhas de Portugal


 

 


 

O Município de Góis, apresentou duas candidaturas "VALE DO CEIRA” e “PENEDOS DE GÓIS” às "7 Maravilhas de Naturais de Portugal”, encontrando-se no momento na fase de nomeado.


 

7_Maravilhas1


O Vale do Ceira é a representação viva da expressão “vale encantado”, composto por toda uma paisagem idílica, repleta de elementos de grande riqueza e biodiversidade, com um elemento natural sempre bem presente, o Rio Ceira, cujas águas cristalinas serpenteiam por todo o vale, conferindo-lhe uma riqueza singular.


 

7_Maravilhas3
 


 

Apresenta um conjunto natural e arquitectónico representativo de uma orografia acentuada, que se traduz numa mais valia, em termos de valor histórico, cultural e etnográfico das gentes que aqui se estabeleceram, abraçando o modo de vida dos seus antepassados, vivendo em consonância com a natureza e dela subsistindo.


7_Maravilhas2


 

Penedos de Góis, topónimo atribuído ao majestoso afloramento quartzítico do período do Ordovício. Trata-se, sem dúvida, de um dos mais soberbos miradouros naturais da região centro, atingindo uma cota de 1043m de altitude no seu ponto mais alto.


 

Para além de possibilitar a contemplação duma extraordinária panorâmica sobre o território em redor, permite aceder também a toda uma riqueza florística e faunística característica da Serra da Lousã, meio onde se encontra inserido e, consequentemente, em Rede Natura 2000. Um ponto de interesse turístico, do concelho de Góis, para todos os aficionados e praticantes de turismo de natureza, desporto aventura, fotografia, entre outras actividades.


 

7_Maravilhas5


 

O Concelho de Góis situa-se na parte oriental do Distrito de Coimbra, inserindo-se na Região do Pinhal Interior Norte. Possui uma vasta área territorial estimada em 276Km2, de enorme riqueza e biodiversidade. A sua vida social e económica cruza-se com a forma de implantação e desenvolvimento dos aglomerados tradicionais existentes, apresentando o território formas de povoamento disperso, como atestam as 190 povoações existentes distribuídas pelas suas 5 freguesias: Alvares, Cadafaz, Colmeal, Góis e Vila Nova do Ceira.


 

7_Maravilhas4


Góis é atravessado pelo Vale do Rio Ceira, sendo delimitado e separado da Beira Serra Interior pelas Serras da Lousã e Açor. Marcado por uma geografia própria, muito acidentada e por uma dimensão essencialmente micro-regional e local, onde perduram as heranças históricas que definem o tipo de ocupação, o modo de organização do seu território assume uma forte componente rural.
 

Capital do Ceira, por ser a única sede de concelho banhada por este rio, Góis apresenta um imponente enquadramento paisagístico, dominado por altas e majestosas serras. Entre o rio e a montanha resultam as praias fluviais com a pureza das suas águas que proporcionam aos muitos turistas e visitantes irresistíveis e refrescantes banhos. A paisagem do território é ornamentada por povoações de casas brancas e de xisto.


A próxima fase do projecto consiste na criação de um painel de 77 especialistas, representantes das várias áreas científicas e com representatividade geográfica nacional que avalia todas as nomeações e elege 77 candidatos (11 por cada uma das 7 categorias). Esta fase do concurso ficará concluída a 7 de Fevereiro 2010 com a apresentação dos 77 pré-finalistas. Posteriormente um painel de 21 personalidades notáveis do nosso país irá escolher as 21 Maravilhas finalistas, as quais serão apresentadas para votação pública a 7 de Março de 2010.

 


21-01-2010

 

in http://www.cm-gois.pt/

publicado por penedo às 09:59

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Canoagem no Ceira

. Penedos de Gois e Vale do...

. Góis entre os nomeados - ...

.links

.arquivos

. Outubro 2018

. Junho 2018

. Setembro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

blogs SAPO